Macau: Artistas lusófonos vão marcar presença no Desfile de Macau

O evento VIVA – Desfile Internacional de Macau 2024, organizado conjuntamente pelo Instituto Cultural e empresas privadas, pretende animar a “cidade de espetáculos”, no dia 24 de março. A 10ª edição do Desfile realiza-se sob o lema “Amor, Paz e Integração Cultural”, e vai contar com cerca de 1.800 artistas de mais de 80 grupos locais e estrangeiros, trazendo atuações artísticas com diferentes estilos.

Artistas de Portugal, Brasil e Moçambique vão participar no evento que regressa às ruas da cidade após um interregno de quatro anos devido à pandemia. Numa conferência de imprensa de apresentação, os responsáveis do Instituto Cultural revelaram que a edição deste ano vai contar com a malabarista portuguesa Dulce Duca, a artista de circo brasileira Odília Nunes e o grupo Marionetas Gigantes de Moçambique.

A presidente do Instituto Cultural, Deland Leong Wai Man, detalhou que o desfile terá cerca 15 e 20 grupos vindos do exterior, nomeadamente da Itália, Espanha, Noruega, Reino Unido, França, Togo, China continental e Hong Kong. O evento deverá contar ainda com mais de 60 grupos locais, entre os quais vários de matriz lusófona, como a Associação Desportiva e Cultural de Capoeira de Macau, a Associação de Danças e Cantares Portuguesa ‘Macau no Coração’, a Casa de Portugal em Macau e a Casa do Brasil em Macau.

O desfile, que percorrerá as principais ruas do Centro Histórico de Macau, integra as celebrações do 25º aniversário da transferência de administração da região de Portugal para a China e terá direito a transmissão televisiva.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Portugal: Primeiro-ministro aprova Palestina como membro pleno da ONU

Portugal: Primeiro-ministro aprova Palestina como membro pleno da ONU

O primeiro-ministro de Portugal, Luís Montenegro, afirmou que vê “com bons olhos” o facto de a Palestina vir a adquirir…
Moçambique: Naparamas abatem dez terroristas em Macomia

Moçambique: Naparamas abatem dez terroristas em Macomia

A força paramilitar Naparamas anunciou, ontem, ter morto pelo menos 10 insurgentes durante uma invasão a um esconderijo do grupo,…
Cabo Verde já pagou 400 mil contos em contribuições a organizações internacionais

Cabo Verde já pagou 400 mil contos em contribuições a organizações internacionais

O ministro dos Negócios Estrangeiros de Cabo Verde, Rui Figueiredo Soares, partilhou no Parlamento que, entre 2021 e 2023, o…
Moçambique: Administração Nacional de Estradas precisa de 690 milhões de meticais para reconstruir estradas

Moçambique: Administração Nacional de Estradas precisa de 690 milhões de meticais para reconstruir estradas

Nurbina Noormahomed, delegada da Administração Nacional de Estradas (ANE), informou, esta sexta-feira, que a ANE necessita de 690 milhões de…