Minas Gerais vai celebrar a integração Brasil-Portugal durante festa popular no dia 10 de junho

No próximo dia 10 de junho, Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, a Câmara Portuguesa de Comércio no Brasil – Minas Gerais vai realizar, das 10h às 20h, a 13ª edição da tradicional Festa Portuguesa, na esplanada e nos entornos do Museu Histórico Abílio Barreto, em Belo Horizonte, Brasil. O evento vai contar com atrações gastronómicas e culturais que, segundo a organização, “celebram a integração entre Brasil e Portugal”.

Este ano, o programa destaca a música, com estilos que passeiam por Portugal, Minas Gerais, países da África, além de trazer diversos pratos típicos da culinária portuguesa.

A festa conta com entrada gratuita, com doação espontânea de alimentos para as obras sociais da Paróquia de Santo Inácio de Loyola e reúne “os melhores restaurantes típicos da cidade que apresentam as suas gastronomias e participam em cozinhas-show”.

“A Festa Portuguesa comemora em 2023 a sua 13ª edição. Vamos, mais uma vez, reafirmar a amizade entre Portugal e Minas Gerais com a melhor festa de rua de Belo Horizonte, trazendo atrações culturais e artísticas que refletem como as identidades portuguesa e mineira partilham similaridades, numa sublime e indiscutível afirmação das raízes comuns”, afirmou Carlos Alberto Lopes, presidente da Câmara Portuguesa de Comércio no Brasil – Minas Gerais.

Programa gastronómico e cultural

As atrações gastronómicas contam com casas que carregam um DNA, ou ADN, português nas suas receitas e histórias para que o público possa “se deliciar com sabores vindos do além-mar e que fazem parte da raiz da cultura mineira”. Dentre os participantes, estão os restaurantes: Caravela, Capitão Leitão, Restaurante do Porto, Taberna Baltazar, Tasca São Bento e Vila Brasão e as docerias: Doces de Portugal, Casa di Maria, Confeitaria Bela Lisboa e Tarte BH.

Já o programa artístico apresenta a riqueza da cultura luso-brasileira manifestada em diversas linguagens, com destaque para a música. Entre as atrações estão DJ Andy Molinari e Boy, duo que prepara um set exclusivo para o evento, repleto de novidades, e com remix de músicas portuguesas, com lembranças de Fado. O Coral Luís Camões se apresenta com músicas tradicionais de canto coral, sejam brasileiras ou estrangeiras, sacras, eruditas ou populares, sob a regência do Maestro Leonardo Cunha. O grupo desenvolve uma constante pesquisa no repertório de músicas portuguesas sem deixar de lado as músicas brasileiras, mantendo sempre essa referência luso-brasileira.

Outra atração será a Banda Corpo de Bombeiros que se apresenta tocando diversos ritmos e estilos, com repertório nacional e internacional. O artista Pedro de Sena, gaiteiro desde 2014, formado pela EAST – Escola de Artes e Saberes Tradicionais, na cidade do Porto, apresenta-se com a tradicional Gaita de Fole. A festa contará também com apresentação do mineiro Tom Nascimento, cantor, instrumentista, intérprete e compositor que revive sonoridades dos seus 25 anos de carreira dedicados à música.

O programa conta com apresentação de dois grupos folclóricos: o Grupo Aruanda, um dos maiores representantes da cultura parafolclórica do Brasil, dedicando-se a pesquisar, preservar e divulgar as danças e os cantos folclóricos nacionais e o Grupo Gil Vicente do Centro da Comunidade Luso-Brasileira de Belo Horizonte, com um espetáculo de música folclórica e tradicional portuguesa.

A Charanga POP apresenta-se com releituras instrumentais para clássicos do rock, pop nacional e internacional. O público também poderá desfrutar do espetáculo “O País de Camões… E as suas Canções!” de Paola Gianinni, que conta com um vasto repertório luso-brasileiro. Entre as atrações também está o artista Tarcísio Costa, que, para além de diretor de marketing da Câmara de Comércio Portuguesa de Minas Gerais, é fadista. A Festa Portuguesa contará ainda com a apresentação do grupo Alma Lusitana, formado em 2005, e único grupo de fado do sul do país, composto por Jéferson Luz, na guitarra portuguesa, Julia Machado, na voz, e Maurício Montardo, no violão.

Uma novidade este ano, de acordo com a organização, é a criação de pacotes turísticos em parceria com as operadoras Trilhas de Minas e Master Turismo no intuito de atrair um público lusófono que se encontra fora da cidade para que venham vivenciar Portugal em Belo Horizonte.

“É uma oportunidade para que mineiros de outras partes do estado venham até Belo Horizonte e também turistas de outras partes do país”, referiram os responsáveis pela Câmara Portuguesa de Comércio no Brasil – Minas Gerais.

A Festa Portuguesa 2023 tem patrocínio da Prefeitura de Belo Horizonte, Gasmig, companhia de gás de Minas Gerais e da Cervejaria Verace e coorganização do Consulado de Portugal em Belo Horizonte, do Centro da Comunidade Luso Brasileira de BH e do Elos Clube. A Festa Portuguesa conta com o apoio dos Azeites Andorinha, Rádio CDL FM 102.9, Hospital na Residência, Instituto Camões, Atex do Brasil e Sabseg Seguros.

Programa artístico:

10:00 – Abertura e DJ Andy Molinari e Boy

10:30 – Coral Luís Camões

11:30 – Banda Bombeiros

12:00 – Gaita de Fole

12:30 – Tom Nascimento

13:30 – Grupo Aruanda

14:00 – Charanga POP

15:00 – Grupo Gil Vicente

16:00 – Paola Gianinni com espetáculo “O País de Camões… E as suas Canções!”

17:00 – Tarcísio Costa, fados tradicionais

18:00 – Alma Lusitana

19:00 – Banda de Rock Nolli Brothers

Ígor Lopes

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Tanzânia quer apostar no ensino profissional para reduzir desemprego e aumentar o crescimento económico

Tanzânia quer apostar no ensino profissional para reduzir desemprego e aumentar o crescimento económico

Com objectivo de diminuir lacunas de habilidades e promover o crescimento económico, a Tanzânia pretende construir, nos próximos anos e…
Acompanhar os que vivem nos lugares mais remotos dos Andes é um desafio no Peru

Acompanhar os que vivem nos lugares mais remotos dos Andes é um desafio no Peru

Na Diocese de Tacna e Moquegua, que cobre uma vasta área na região do Altiplano, entre os Andes e o…
Cabo Verde: Júlio Correia solicita desfiliação do PAICV

Cabo Verde: Júlio Correia solicita desfiliação do PAICV

O militante de longa data do Partido Africano da Independência de Cabo Verde, PAICV, Júlio Correia, solicitou a sua imediata…
Namíbia: Governo e UNICEF vão promover acesso gratuito à internet nas escolas

Namíbia: Governo e UNICEF vão promover acesso gratuito à internet nas escolas

Duas mil e duas escolas estão mapeadas para beneficiar do Projecto Giga do Fundo das Nações Unidas para Infância (UNICEF)…