Moçambique: Membro da PRM condenado por homicídio voluntário em Cabo Delgado

O Tribunal Judicial de Cabo Delgado, condenou esta terça-feira, na cidade de Pemba, capital provincial de Cabo Delgado, Filimone Lucia Silika, membro da PRM, em exercício no distrito de Mueda à uma pena de um ano e seis meses, por homicídio simples.

O crime no qual o agente é responsabilizado, foi cometido quando estava trajado de fardamento do serviço, decidiu beber, embriagou-se e espancou um dos  cidadãos presentes no local onde bebeu, até à morte, em Março deste ano.

O Juiz da causa, Bruno de Castro, na Terceira Secção do Tribunal Judicial de Cabo Delgado, disse que o condenado vai também pagar multas “Em nome da República de Moçambique, decide o juiz da terceira secção do tribunal judicial da província de Cabo Delgado, em condenar o réu Filimone Lucia Silika à pena de prisão de um ano e seis meses e multa correspondente a taxa diária de um décimo em vigor a data dos factos”.

O Juiz Bruno de Castro, disse que o réu vai também indemnizar os herdeiros da vítima num valor de 200 mil meticais e sujeito a pagar outros custos judiciais.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Guiné Equatorial: Vice-presidente acusa Espanha de "humilhar" o país

Guiné Equatorial: Vice-presidente acusa Espanha de "humilhar" o país

O vice-presidente da Guiné Equatorial, Teodoro Nguema Obiang, acusa a Espanha de “humilhar” e “desacreditar” o país depois de a…
Moçambique: Operação "Vulcão IV" decorre no distrito de Macomia

Moçambique: Operação "Vulcão IV" decorre no distrito de Macomia

As Forças Armadas de Defesa de Moçambique (FADM) informaram nesta terça-feira, 03 de janeiro, que está em curso a Operação…
Timor-Leste: Taxa de execução do OGE 2022 foi de 78,75%

Timor-Leste: Taxa de execução do OGE 2022 foi de 78,75%

O Governo de Timor-Leste executou em 2022 cerca de 78,75% do valor total do Orçamento Geral do Estado (OGE) desse…
Moçambique: Atraso de salários gera greve no município de Nacala

Moçambique: Atraso de salários gera greve no município de Nacala

Mais de setecentos funcionários e agentes do Estado afetos ao Conselho autárquico de Nacala, na província de Nampula, encontram-se em…