Moçambique: Presidente da República visitou Malawi

O Presidente da República, Filipe Nyusi, efetou entre os dias 22 e 24 de novembro de 2021, uma visita de Estado à República do Malawi, a convite do seu homólogo malawiano, Lazarus Chakwera.

O Chefe do estado moçambicano foi recebido pelo seu homólogo malawiano na manhã do dia 22, onde chefiaram as delegações dos seus países, nas conversações oficiais, para avaliar o estágio atual da cooperação entre as duas Nações nas áreas política, económica, social e cultural.

Àpos a sua chegada ao Malawi, o Presidente Filipe Nyusi, foi recebido com honras de Estado pelo homólogo Lazarus Chakwera, seguindo ao Conselho Municipal de Lilongwe para a receção da Chave da Cidade, procedendo à deposição de uma coroa de flores no Kamuzu Museum, visitou ainda o Parlamento malawiano, participou na Sessão de Abertura da 5ª Semana de Industrialização da SADC , no Banquete de Estado em honra da sua visita e reuniu-se com a comunidade moçambicana, residente no Malawi.

Os governantes deslocaram-se à localidade de Marka, Distrito de Nsanje, para visitar a linha férrea que atravessa ao território moçambicano através da Vila Nova, no distrito de Mutarara, e em seguida deslocaram-se ao Phombeya, distrito de Mwanza, para visitar o Projecto de Interconexão da Electricidade de Moçambique-Malawi (IPP).

Nesta deslocação, o Presidente da República fez-se- acompanhar pela Esposa, Isaura Ferrão Nyusi, pelos Ministros dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, Verónica Nataniel Macamo Ndlovo; dos Recursos Minierais e Energia, Ernesto Max Tonela; dos Transportes e Comunicações, Janfar Abdulai, governadores das províncias de Tete, Domingos Viola; do Niassa, Judite Massengele, deputados da Assembleia da República, quadros da Presidência da República e de outras instituições do Estado.

Aurelio Sambo- correspondente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Moçambique: INGD alerta para risco de inundações e cheias

Moçambique: INGD alerta para risco de inundações e cheias

A presidente do Instituto Nacional de Gestão e Redução do Risco de Desastres (INGD) Luísa Meque, apelou às comunidades que residem nas…
Timor-Leste: Diáspora na Coreia do Sul enviou mais de USD 30 milhões

Timor-Leste: Diáspora na Coreia do Sul enviou mais de USD 30 milhões

Os trabalhadores timorenses na Coreia do Sul já enviaram para Timor-Leste, de 2009 a 2021, cerca de 39 milhões de dólares…
Cabo Verde: Plano Nacional de Habitação investe 1.500 ME até 2030

Cabo Verde: Plano Nacional de Habitação investe 1.500 ME até 2030

O Plano Nacional de Habitação de Cabo Verde estima um investimento de 1.500 milhões de euros até 2030. De acordo com a estimativa do referido…
Angola tem autossuficiência em seis produtos alimentares

Angola tem autossuficiência em seis produtos alimentares

O Governo angolano divulgou que o ananás, a banana, a batata-doce, a carne de cabrito, a mandioca e os ovos são os produtos que alcançaram a autossuficiência no país.  Isto…
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin