Moçambique: quadrilha liderada por mulheres, detida pela PRM, em Nampula.

Uma quadrilha composta por quatro indivíduos, sendo duas, mulheres, consideradas líderes do grupo, estão sob custódia da Polícia da República de Moçambique, na província de Nampula, acusadas de roubos e assaltos a motociclistas, em diferentes artérias da cidade de Nampula.

Segundo a PRM, as mulheres faziam-se passar por clientes e subiam nas motas até certo ponto e os comparsas apareciam e ameaçavam os motociclistas, que em troca das suas vidas deixavam que os meios fossem roubados, pela quadrilha. 

Perante os jornalistas, no habitual breafing à Imprensa, uma das mulheres, explicou que “namorava com alguém que faz parte do grupo, aliás, me obrigou a namorar, ele me convenceu, e me dava dinheiro” admitiu.

O Porta-voz do Comando Provincial em Nampula, Zacarias Nacute, afirmou que as mulheres aproximavam-se dos mototaxistas e o resto dos integrantes do grupo, executavam as outras ações “os outros elementos amolestavam os cidadãos fisicamente e depois apoderavam-se das motorizadas” contou, para depois clarificar que a sua detenção foi depois de denúncias populares.

“Através de denúncias a polícia desencadeou um trabalho de investigação que culminou com a detenção destes quatro indivíduos”.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Guiné Equatorial: Vice-presidente acusa Espanha de "humilhar" o país

Guiné Equatorial: Vice-presidente acusa Espanha de "humilhar" o país

O vice-presidente da Guiné Equatorial, Teodoro Nguema Obiang, acusa a Espanha de “humilhar” e “desacreditar” o país depois de a…
Moçambique: Operação "Vulcão IV" decorre no distrito de Macomia

Moçambique: Operação "Vulcão IV" decorre no distrito de Macomia

As Forças Armadas de Defesa de Moçambique (FADM) informaram nesta terça-feira, 03 de janeiro, que está em curso a Operação…
Timor-Leste: Taxa de execução do OGE 2022 foi de 78,75%

Timor-Leste: Taxa de execução do OGE 2022 foi de 78,75%

O Governo de Timor-Leste executou em 2022 cerca de 78,75% do valor total do Orçamento Geral do Estado (OGE) desse…
Moçambique: Atraso de salários gera greve no município de Nacala

Moçambique: Atraso de salários gera greve no município de Nacala

Mais de setecentos funcionários e agentes do Estado afetos ao Conselho autárquico de Nacala, na província de Nampula, encontram-se em…