Moçambique: turista norte americana morre, enquanto fotografava pássaros

Clara Ruth de 80 anos de idade, morreu em circunstâncias estranhas nas matas do distrito de Panda, na província de Inhambane. A turista através de GPS, descobriu pássaros raros e decidiu junto de outros cinco turistas sul africanos, fotografar os referidos pássaros, no meio da mata, enquanto fazia as fotografias, acabou por falecer.

A turista norte-americana foi encontrada morta, numa mata no distrito de Panda, na província de Inhambane, disse ontem à imprensa o porta-voz da polícia local.

Juma Dauto, porta-voz da Polícia da República de Moçambique (PRM) em Inhambane, afirmou que a mulher ter-se-á perdido, ao afastar-se do grupo de turistas, para fotografar pássaros selvagens, numa mata densa em Panda.

Ao aperceber-se do desaparecimento da mulher, os outros turistas comunicaram à polícia, que iniciou buscas, culminando com a localização do corpo da mulher, já sem vida, afirmou Dauto.

“Não tinha nenhuma escoriação e não apresentava nenhum vestígio de violência ou sinal de que algum animal a terá atacado”, acrescentou.

As autoridades avançaram, que decorrem investigações para o esclarecimento do caso, apelando para que os turistas estejam sempre acompanhados de guias, a quando da visita a locais desconhecidos.

Aurelio Sambo – correspondente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Grécia quer cooperar com Angola na Segurança Marítima

Grécia quer cooperar com Angola na Segurança Marítima

A Grécia manifestou a Angola o seu desejo de estabelecer cooperação nos domínios da Segurança Marítima, Comércio, Turismo, Indústria, Agricultura e Inovação. Essa…
Moçambique: INGD alerta para risco de inundações e cheias

Moçambique: INGD alerta para risco de inundações e cheias

A presidente do Instituto Nacional de Gestão e Redução do Risco de Desastres (INGD) Luísa Meque, apelou às comunidades que residem nas…
Timor-Leste: Diáspora na Coreia do Sul enviou mais de USD 30 milhões

Timor-Leste: Diáspora na Coreia do Sul enviou mais de USD 30 milhões

Os trabalhadores timorenses na Coreia do Sul já enviaram para Timor-Leste, de 2009 a 2021, cerca de 39 milhões de dólares…
Cabo Verde: Plano Nacional de Habitação investe 1.500 ME até 2030

Cabo Verde: Plano Nacional de Habitação investe 1.500 ME até 2030

O Plano Nacional de Habitação de Cabo Verde estima um investimento de 1.500 milhões de euros até 2030. De acordo com a estimativa do referido…
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin