África do Sul quer explorar reservas de gás de Moçambique

O Presidente da África do Sul, Cyril Ramaphosa, afirmou na terceira Cimeira Binacional África do Sul-Moçambique que o seu país vai reforçar a sua segurança energética, através da exploração das vastas reservas de gás de Moçambique. 

Este anúncio foi feito numa altura em que a Eskom luta para manter as luzes acesas e os preços dos combustíveis disparam como resultado da guerra entre a Rússia e a Ucrânia. 

“É encorajador ver como as relações entre os nossos países expandiram-se e aprofundaram-se tanto a nível político como económico. Como vizinhos, devemos reconhecer e nutrir nossa interdependência económica. Moçambique continua a ser um dos principais parceiros comerciais da África do Sul na região e existem várias oportunidades de expansão”, observou Ramaphosa, citado pela “Carta de Moçambique”. 

“A África do Sul estava interessada, em particular, em alargar a cooperação no sector da energia. Moçambique é dotado de volumes significativos de gás natural. Isso pode beneficiar não só o povo de Moçambique e da África do Sul, mas também o resto da região da SADC, acrescentou. 

Segundo o governante, “a segurança energética é vital para o crescimento económico nos nossos respetivos países e esperamos um progresso significativo para garantir e sustentar nossas necessidades energéticas”

Por sua vez, o chefe de Estado moçambicano, Filipe Nyusi, disse que o investimento da África do Sul no setor energético vai beneficiar os cidadãos de ambos os países e que o seu povo e o seu Governo esperam que os dois países continuem a trabalhar em conjunto para o crescimento de ambas as economias. 

“A nossa presença em solo sul-africano evidencia o firme empenho do povo e do governo da República de Moçambique em continuar a trabalhar em conjunto”, concluiu. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Presidente de Portugal diz que ida a Kiev de líderes europeus é forma “máxima de solidariedade” 

Presidente de Portugal diz que ida a Kiev de líderes europeus é forma “máxima de solidariedade” 

Os primeiros-ministros da Eslovénia, Janez Jansa, da Polónia, Mateusz Morawiecki, e da República Checa, Pietr Fiala, chegaram à Ucrânia nesta…
Portugal: Empresas doam duas toneladas de medicamentos

Portugal: Empresas doam duas toneladas de medicamentos

A Associação Portuguesa de Importadores e Exportadores de Medicamentos (APIEM) divulgou nesta terça-feira, 15 de março, que as empresas de…
Brasil:  Homenagem ao Cristo Redentor

Brasil: Homenagem ao Cristo Redentor

O espetáculo “Encontro dos Cristos” (teaser), apresentado pela atriz Úrsula Corona e com a participação da cantora Fafá de Belém, percorrerá…
EUA pedem a Moçambique que apoie a Ucrânia

EUA pedem a Moçambique que apoie a Ucrânia

Moçambique tem preferido manter-se neutro em relação à guerra entre a Ucrânia e a Rússia. Alguns países, como o Brasil,…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin