Banco Mundial

Banco Mundial disponibiliza mais USD 100 milhões para Cabo Delgado

O Banco Mundial anunciou que vai disponibilizar 100 milhões de dólares (86 milhões de euros) para apoiar o Governo de Moçambique no plano de reconstrução de Cabo Delgado. Recorde-se que várias zonas desta província têm sido destruídas pelos constantes ataques terroristas ocorridos desde 2017. 

O anúncio do auxílio foi feito pela diretora do Banco Mundial para Moçambique, Idah Pswarayi-Riddihough. “Com as áreas reconquistadas recentemente, nós percebemos que há muita gente que quer voltar para as suas zonas de origem. Mas eles não podem voltar sem que as condições básicas tenham sido criadas. Como resultado, temos um valor adicional de 100 milhões de dólares para o apoio”, explicou. 

As declarações foram feitas depois de um encontro entre Pswarayi-Riddihough e o primeiro-ministro moçambicano, Carlos Agostinho do Rosário, e chefes de missões diplomáticas. Na reunião foi analisado o Plano de Reconstrução de Cabo Delgado

Este novo apoio, continuou a mesma fonte, junta-se a uma primeira doação, também de 100 milhões de dólares, divulgada em abril e que foi destinada à Agência de Desenvolvimento Integrado do Norte (ADIN). Essa quantia visou a promoção de projetos sociais e económicos para a inclusão da juventude em toda a zona norte de Moçambique. 

Já a nova doação deverá ser investida nas zonas reconquistadas no norte de Cabo Delgado, através da reconstrução de edifícios públicos, da restauração dos serviços básicos e de apoio psicossocial, entre outros. 

O Plano de Reconstrução de Cabo Delgado foi aprovado no passado mês de setembro pelo Governo moçambicano. O orçamento do mesmo é de 300 milhões de dólares (258 milhões de euros), dos quais quase 200 milhões (172 milhões de euros) servirão para a implementação de ações de curto prazo, que incluem a reposição da administração pública, unidades sanitárias, escolas, energia, abastecimento de água.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Portugal e Moçambique reforçam cooperação com 80 milhões de euros

Portugal e Moçambique reforçam cooperação com 80 milhões de euros

O secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação de Portugal, Francisco André, e o vice-ministro dos Negócios Estrangeiros e Cooperação…
Angola volta a mencionar criação de um banco da CPLP

Angola volta a mencionar criação de um banco da CPLP

Angola mencionou novamente nesta segunda-feira, 22 de novembro, a intenção de criar um banco de investimento da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP). O…
Afeganistão: Mulheres proibidas de aparecer em programas de entretenimento

Afeganistão: Mulheres proibidas de aparecer em programas de entretenimento

O governo talibã lançou uma nova regra no Afeganistão. Segundo o próprio, as mulheres estão proibidas de aparecer em programas de…
Cabo Verde: PR sugere debate sobre financiamento do ensino superior

Cabo Verde: PR sugere debate sobre financiamento do ensino superior

O Presidente da República de Cabo Verde, José Maria Neves, propôs nesta segunda-feira, 22 de novembro, um debate “sério e aprofundado” sobre…
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin