Botsuana dá ordens para matar terroristas em Moçambique

As Forças Armadas do Botsuana receberam ordens para matar os terroristas em Moçambique, caso não se rendam em combates. A ordem foi dada ao exército pelo Presidente da República do referido país, Mokgweetsi Masisi, durante a visita que realizou à província moçambicana de Cabo Delgado.

“Está claro que vocês entenderam a missão, porque já viveram a situação no terreno e devem deixar o país sem inimigos. Matem o inimigo, mas, por favor, continuem a fazer o vosso melhor e continuem a brilhar em Moçambique, para que os moçambicanos se recordem que estivemos aqui, mas lembrar porque vocês deixaram o país bem e fizeram o bem de acordo com  o nosso melhor. Brilhem em Moçambique para que todos os moçambicanos se lembrem que estivemos aqui, fizemos o bem, coisas boas e moralmente certas”, declarou.

Há cerca de quatro meses que as Forças Armadas do Botsuana ajudam Moçambique no combate ao terrorismo.

Masisi foi recebido no aeroporto de Pemba, capital de Cabo Delgado, pelo homólogo moçambicano, Filipe Nyusi, e aproveitou a ocasião para deixar promessas ao seu exército.

“Estou aqui, não apenas para desejar um feliz Ano Novo, mas também para vos encorajar e garantir que nunca deixarão de ter o meu apoio. A minha visita é também para ver como vocês estão e ouvir a vossa preocupação no local de operação. Mas também apelamos sobre a importância de manter essa nossa ligação e apoio”, salientou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Na província moçambicana de Nampula, 17.182 trabalhadores foram empurrados para o desemprego nos dois últimos anos na sequência da paralisação…
Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

O Presidente russo, Vladimir Putin, apelou ao Exército ucraniano para que retirasse o apoio ao Governo ucraniano, o que significa…
Ucrânia confirma ataques da Rússia a creches e orfanatos

Ucrânia confirma ataques da Rússia a creches e orfanatos

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Ucrânia, Dmytro Kuleba, confirmou os relatos de ataques e bombardeamentos a creches e orfanatos…
Rússia prende mais de 1.800 manifestantes que são contra a guerra

Rússia prende mais de 1.800 manifestantes que são contra a guerra

As autoridades russas detiveram mais de 1.800 manifestantes que se opuseram à invasão à Ucrânia.  “Nós estamos preocupados com as…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin