Cimeira Extraordinária da SADC reagendada para 11 e 12 de Janeiro de 2022

A Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC) informa que a Cimeira Extraordinária e as respectivas reuniões que a antecedem, inicialmente programadas para se realizarem por formato virtual, de 5 a 7 de Janeiro de 2022, foram reagendadas. De acordo com o comunicado emitido pelo Secretariado da SADC, as reuniões passam a realizar-se de 11 a 12 de Janeiro de 2022, em Lilongwe, República do Malawi.

A Cimeira Extraordinária de Chefes de Estado e de Governo, marcada para 12 de Janeiro de 2021, passará em revista os progressos registados pela Missão da SADC em Moçambique (SAMIM), que foi destacada para apoiar Moçambique no combate ao terrorismo e actos de extremismo violento.

Presidirá à Cimeira Extraordinária Sua Excelência o Dr. Lazarus McCarthy Chakwera, Presidente da República do Malawi, na qualidade de Presidente em Exercício da SADC.

Antes da Cimeira Extraordinária, Cyril Ramaphosa, Presidente da República da África do Sul e Presidente do Órgão de Cooperação nas Áreas de Política, Defesa e Segurança da SADC, convocará uma Cimeira Extraordinária da Troika do Órgão da SADC, a ter lugar a 11 de Janeiro de 2022, que contará com a participação dos Chefes de Estado e de Governo dos Estados Membros da Troika do Órgão, nomeadamente Botswana, Namíbia e África do Sul, e a presença da República de Moçambique.

Nos termos do Tratado da SADC, a Cimeira da SADC é responsável pela orientação geral de políticas e pelo controlo das funções da Comunidade, o que a torna, em última análise, a instituição responsável pelas políticas da SADC.

Aurelio Sambo – Correspondente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Na província moçambicana de Nampula, 17.182 trabalhadores foram empurrados para o desemprego nos dois últimos anos na sequência da paralisação…
Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

O Presidente russo, Vladimir Putin, apelou ao Exército ucraniano para que retirasse o apoio ao Governo ucraniano, o que significa…
Ucrânia confirma ataques da Rússia a creches e orfanatos

Ucrânia confirma ataques da Rússia a creches e orfanatos

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Ucrânia, Dmytro Kuleba, confirmou os relatos de ataques e bombardeamentos a creches e orfanatos…
Rússia prende mais de 1.800 manifestantes que são contra a guerra

Rússia prende mais de 1.800 manifestantes que são contra a guerra

As autoridades russas detiveram mais de 1.800 manifestantes que se opuseram à invasão à Ucrânia.  “Nós estamos preocupados com as…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin