Dias chuvosos prejudicam a economia, segundo estudo

O crescimento económico diminui quando o número de dias de chuva moderada e dias com chuvas extremas aumenta, segundo uma equipa de cientistas. A análise de dados de mais de 1.500 regiões nos últimos 40 anos mostra uma conexão clara e sugere que a intensificação das chuvas diárias impulsionadas pelas alterações climáticas da queima de petróleo e carvão prejudicará a economia global.

“Trata-se de prosperidade e, em última análise, sobre os empregos das pessoas. As economias em todo o mundo são desaceleradas com mais dias húmidos e de chuvas diárias extremas – uma visão importante que contribui para nossa crescente compreensão dos verdadeiros custos das alterações climáticas”, diz Leonie Wenz do Instituto de Pesquisa de Impacto Climático de Potsdam (PIK) e do Instituto de Pesquisa Mercator sobre Causas Globais e Mudanças Climáticas (MCC), que liderou o estudo.

“As avaliações macro-económicas dos impactos climáticos até agora concentraram-se principalmente na temperatura e consideraram – se for o caso – as mudanças nas chuvas apenas em escalas de tempo mais longas, como anos ou meses, perdendo assim o quadro completo”, explica Wenz. “Embora mais chuvas anuais sejam geralmente boas para as economias, especialmente as dependentes da agricultura, a questão também é como a chuva é distribuída ao longo dos dias do ano.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Na província moçambicana de Nampula, 17.182 trabalhadores foram empurrados para o desemprego nos dois últimos anos na sequência da paralisação…
Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

O Presidente russo, Vladimir Putin, apelou ao Exército ucraniano para que retirasse o apoio ao Governo ucraniano, o que significa…
Ucrânia confirma ataques da Rússia a creches e orfanatos

Ucrânia confirma ataques da Rússia a creches e orfanatos

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Ucrânia, Dmytro Kuleba, confirmou os relatos de ataques e bombardeamentos a creches e orfanatos…
Rússia prende mais de 1.800 manifestantes que são contra a guerra

Rússia prende mais de 1.800 manifestantes que são contra a guerra

As autoridades russas detiveram mais de 1.800 manifestantes que se opuseram à invasão à Ucrânia.  “Nós estamos preocupados com as…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin