Embaixada da Suécia em Moçambique apoia aborto seguro

O Governo sueco anunciou, esta quarta-feira, que disponibilizará cerca de 5 milhões de euros para apoiar um programa de acesso ao aborto seguro em Moçambique, no âmbito da promoção dos direitos sexuais e reprodutivos.

Segundo a embaixada da Suécia em Maputo, o programa tem como objetivo reforçar a transmissão de conhecimento e educação das mulheres e raparigas em relação ao aborto, métodos contracetivos e outros cuidados de saúde importantes.

A medida de apoio surge no âmbito da Lei de Acesso ao Aborto Seguro, aprovada pela Assembleia da República de Moçambique em 2014, que descriminalizou o aborto até às 12 primeiras semanas de gravidez.

Uma vez que os serviços de saúde para este fim estão disponíveis apenas nas zonas urbanas do sul do país, a iniciativa vai incidir nas províncias do norte, Nampula, e do centro, Zambézia.

Segundo dados do Ministério da Saúde de Moçambique, cerca de 11% da mortalidade materna deve-se às práticas de aborto clandestino, que são realizados sem qualquer segurança.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Brasil: Média móvel de mortes por covid-19 no país já alcança 80 por dia

Brasil: Média móvel de mortes por covid-19 no país já alcança 80 por dia

O Brasil registou mais 15 mortes por covid-19 nas últimas 24 horas, chegando às 689.560 desde o início da pandemia.…
Guiné Equatorial: Oposição continua a reclamar votos "roubados" nas eleições

Guiné Equatorial: Oposição continua a reclamar votos "roubados" nas eleições

O Presidente da Guiné Equatorial, Teodoro Obiang Nguema Mbasogo, foi reeleito no sufrágio de 20 de novembro com 94,9% dos…
Rússia: Mães lançam petição para protegerem filhos da guerra

Rússia: Mães lançam petição para protegerem filhos da guerra

Um grupo de mães de soldados russos decidiu unir-se a um grupo ativista para lançar uma petição online onde é…
Revista de Imprensa Lusófona de 28 de novembro de 2022

Revista de Imprensa Lusófona de 28 de novembro de 2022

A “Agência Brasil” publica “Eleitores de seis cidades voltaram às urnas hoje”. Já “O Globo” tem em destaque “De volta…