Crise | Moçambique | Segurança

Exército prepara acção de grande envergadura na Gorongosa

Os confrontos entre a Renamo e as Forças de Defesa e Segurança (FDS) de Moçambique têm subido de intensidade na região centro do país.

Na madrugada da última sexta-feira, 12 de fevereiro, milícias da Renamo atacaram um aquartelamento das FDS em Sabe, no distrito da Morrumbala, província da Zambézia, causando cinco mortos. Os homens da Renamo apoderaram-se do armamento abandonado no local pelos homens das FDS que partiram em debandada.

Em reação a este e outros incidentes envolvendo milícias da Renamo e o exército regular, fontes no terreno dão conta de uma grande concentração de viaturas militares e armamento pesado de longo alcance na localidade de Muxungué, na região da Gorongosa, onde se supõe possa estar Afonso Dhlakama, o que faz supor que uma operação de grande envergadura possa estar em curso com o objetivo de capturar o líder da Renamo.

Neste sentido, alguns orgãos de comunicação social de Moçambique reportam, com base em fontes do exército, que várias unidades das FDS partiram de Maputo na última quinta-feira com destino às províncias de Sofala, Manica, Tete e Zambézia.

 

 

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo