Guebuza vai subir sozinho ao cadafalso?

Elementos da Frelimo preocupados com o resultado das divisões internas voltam a referir que a exposição pública de Armando Guebuza no caso das dívidas ocultas poderá arrastar outros proeminentes elementos do partido, entre os quais o ex ministro da defesa e ora Presidente da República Filipe Nyusi.

Segundo estes elementos e os diversos post das redes sociais moçambicanas, Nyusi terá sido um dos principais responsáveis políticos pela concretização dos empréstimos, cujo destino permanece por esclarecer. Volta a ser referido que grande parte deste dinheiro se destinou a pagar a campanha presidencial de Nyusi e a equipar as forças armadas e de segurança para combater e neutralizar a Renamo, então liderada por Afonso Dhlakama, que contrariamente à atual Renamo de Ossufo Momade, mobilizava largos setores do eleitorado e persistia na sua estratégia de resistência contra Maputo.

Pergunta-se no seio da Frelimo: será que Nyusi não percebe que o seu tempo de impunidade está a chegar ao fim ? Ou espera um milagre e considera que a sua imunidade se manterá indefinidamente?

Se o acordo de cavalheiros entre Guebuza e Nyusi de não comprometimento mútuo foi quebrado como referem fontes a Global, como espera Nyusi conter as prometidas revelações de Guebuza? Como espera silenciar a voz da verdade?

Teme-se que se forem esgotadas as hipóteses de contrapartidas apenas um desfecho fatal, a que de resto temos sido habituados em Moçambique, possa impedir a subida de Nyusi ao cadafalso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Ucrânia e Rússia adiam negociações para esta quinta-feira

Ucrânia e Rússia adiam negociações para esta quinta-feira

As negociações entre a Ucrânia e a Rússia foram adiadas para esta quinta-feira, 03 de março.  A delegação ucraniana está…
Portugal agradece à Roménia apoio no repatriamento de portugueses e ucranianos

Portugal agradece à Roménia apoio no repatriamento de portugueses e ucranianos

O primeiro-ministro português, António Costa, manifestou publicamente ao Presidente da Roménia, Klaus Iohannis, a sua gratidão pelo apoio prestado na…
Guiné-Bissau: PGR quer vigilância acrescida a pessoas com enriquecimento anormal

Guiné-Bissau: PGR quer vigilância acrescida a pessoas com enriquecimento anormal

O Procurador-geral da República (PGR) pediu aos magistrados para estarem atentos às pessoas que procuram vias fáceis para enriquecer, às…
Moçambique: Oposição critica "silêncio" do Governo sobre invasão à Ucrânia

Moçambique: Oposição critica "silêncio" do Governo sobre invasão à Ucrânia

A Renamo e o MDM, partidos moçambicanos da oposição, condenam a invasão da Rússia à Ucrânia. Ambos criticam o “silêncio”…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin