Refugiados Migrantes Barco

Moçambique: 50 deslocados em Cabo Delgado morrem num naufrágio

Foram 50 as pessoas que morreram vítimas de um naufrágio ocorrido no Oceano Índico, entre a ilha Makalowe (distrito do Ibo) e a aldeia Pangane (distrito de Macomia). Entre as vítimas mortais houve registo de dez crianças. 

Segundo as fontes, as vítimas seguiam numa embarcação à vela. Esta partiu da aldeia Namandingo, no distrito de Palma, para a cidade de Pemba, capital provincial de Cabo Delgado. 

De acordo com as fontes, a embarcação transportava 70 pessoas, que vinham do distrito de Mocímboa da Praia para fugirem a ataques terroristas. No entanto, o transporte marítimo acabou por bater numa rocha, tendo virado a seguir. Mais de 30 corpos foram encontrados em Ibo. 

Recorde-se que têm sido milhares as pessoas que têm desembarcado nas praias da cidade de Pemba, principalmente na de Paquitequete. O uso da via marítima deve-se à insegurança instalada na Estrada Nacional n.380, principal via que liga Pemba aos distritos da zona norte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Ucrânia e Rússia adiam negociações para esta quinta-feira

Ucrânia e Rússia adiam negociações para esta quinta-feira

As negociações entre a Ucrânia e a Rússia foram adiadas para esta quinta-feira, 03 de março.  A delegação ucraniana está…
Portugal agradece à Roménia apoio no repatriamento de portugueses e ucranianos

Portugal agradece à Roménia apoio no repatriamento de portugueses e ucranianos

O primeiro-ministro português, António Costa, manifestou publicamente ao Presidente da Roménia, Klaus Iohannis, a sua gratidão pelo apoio prestado na…
Guiné-Bissau: PGR quer vigilância acrescida a pessoas com enriquecimento anormal

Guiné-Bissau: PGR quer vigilância acrescida a pessoas com enriquecimento anormal

O Procurador-geral da República (PGR) pediu aos magistrados para estarem atentos às pessoas que procuram vias fáceis para enriquecer, às…
Moçambique: Oposição critica "silêncio" do Governo sobre invasão à Ucrânia

Moçambique: Oposição critica "silêncio" do Governo sobre invasão à Ucrânia

A Renamo e o MDM, partidos moçambicanos da oposição, condenam a invasão da Rússia à Ucrânia. Ambos criticam o “silêncio”…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin