Moçambique aceita receber apoio da SADC contra terrorismo

O Presidente de Moçambique, Filipe Nyusi, informou que o país já reúne condições para receber apoio da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC, na sigla inglesa) no combate ao terrorismo na província de Cabo Delgado. 

Entretanto, acrescentou, cabe às Forças de Defesa e Segurança (FDS) do país estarem na linha da frente desse combate. 

As declarações foram feitas nesta quarta-feira, 23 de junho, no encerramento da Cimeira Extraordinária da SADC. Ainda segundo o chefe de Estado, esse auxílio vai consistir em intervenção através do envio da “Força Conjunta” regional proposta e aprovada pela Troika da SADC. 

Nyusi defendeu a necessidade do aumento do controlo das fronteiras dos países da região. 

A próxima Cimeira da SADC, a 41.ª, está marcada para agosto na capital do Malawi, Lilongwe. Nessa altura, o país que acolhe o evento vai assumir a presidência rotativa do órgão regional, através do seu Presidente da República, Lazarus Chakwera.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: IESE diz que Covid-19 não foi principal causa de recessão do país

Moçambique: IESE diz que Covid-19 não foi principal causa de recessão do país

O Instituto de Estudos Sociais e Económicos (IESE) considera que a Covid-19 não foi a principal causa da recessão económica em Moçambique.…
Guiné-Bissau: Presidente exonera Chefe de Estado-maior da armada e vice do Exército

Guiné-Bissau: Presidente exonera Chefe de Estado-maior da armada e vice do Exército

Segundo uma nota do Gabinete de Comunicação da Presidência da República, citando o Decreto Presidencial, “é o Contra Almirante, Carlos…
Timor-Leste: Elaboração do Plano de Urbanização de Díli aprovada

Timor-Leste: Elaboração do Plano de Urbanização de Díli aprovada

O Conselho de Ministros de Timor-Leste aprovou a elaboração do Plano de Urbanização de Díli. O objetivo é melhorar a…
Angola: Governo aprova mais de 15 mil milhões de kwanzas para Agricultura e Pescas

Angola: Governo aprova mais de 15 mil milhões de kwanzas para Agricultura e Pescas

O ministro da Agricultura e Pescas de Angola, António Francisco de Assis, informou que foram aprovados mais de 15 mil…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin