Moçambique: Acidente de viação em Manica causa duas mortes

Duas pessoas morreram e outras 10 ficaram feridas na sequência de um acidente de viação, ocorrido dia 28 de Dezembro, em Espungabera, distrito de Mossurize, província de Manica.

Os mortos são um motorista e um cobrador de um transporte de passageiros que viajavam em contramão num carro particular em direcção à Dacata, tendo embatido frontalmente contra um minibus familiar que seguia no sentido contrário.

Na sequência do embate, o minibus capotou, ferindo 10 dos 15 ocupantes da mesma família que seguiam na viatura. O administrador distrital, Fernando Samuel, presume que a causa do acidente seja a velocidade excessiva por parte da viatura ligeira em que viajavam os dois indivíduos que pereceram no local.

O administrador admite ainda a condução em estado de embriaguez como tendo motivado o sinistro que manchou a quadra natalícia em Mossurize.

Aurélio Sambo – Correspondente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Na província moçambicana de Nampula, 17.182 trabalhadores foram empurrados para o desemprego nos dois últimos anos na sequência da paralisação…
Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

O Presidente russo, Vladimir Putin, apelou ao Exército ucraniano para que retirasse o apoio ao Governo ucraniano, o que significa…
Ucrânia confirma ataques da Rússia a creches e orfanatos

Ucrânia confirma ataques da Rússia a creches e orfanatos

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Ucrânia, Dmytro Kuleba, confirmou os relatos de ataques e bombardeamentos a creches e orfanatos…
Rússia prende mais de 1.800 manifestantes que são contra a guerra

Rússia prende mais de 1.800 manifestantes que são contra a guerra

As autoridades russas detiveram mais de 1.800 manifestantes que se opuseram à invasão à Ucrânia.  “Nós estamos preocupados com as…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin