Moçambique: Agência Metropolitana cria comissão de inquérito para investigar causas de acidentes

A Agência Metropolitana de Transportes de Maputo (AMT) criou esta semana uma comissão de inquérito para investigar os recorrentes acidentes envolvendo os autocarros de transporte de passageiros. A equipa deverá apresentar as causas dos sinistros e as respectivas soluções.

Nos últimos meses os autocarros de transporte de passageiros envolveram-se em acidentes de viação e/ou pegam fogo em plena viagem. Só neste mês de Abril três autocarros perderam travões e dois autocarros pegaram fogo.

“Para apurar as causas deste novo fenómeno e propor as melhores soluções, nos próximos 10 dias, foi constituída uma Comissão de Inquérito, formada por quadros da Direcção Nacional dos Transportes e Segurança do Ministério dos transportes e Comunicações (MTC), AMT, Fundo do Desenvolvimento dos Transportes e Comunicações e peritos na área de manutenção”, revelou a Agência Metropolitana de Transportes de Maputo em comunicado de imprensa.

Enquanto não se apuram as causas dos acidentes, a Agência Metropolitana diz estar a reforçar medidas de segurança em autocarros que movimentam pessoas e bens no Grande Maputo.

“De imediato, a AMT reforçou a implementação de medidas de segurança dos passageiros que usam este serviço, nomeadamente a fiscalização dos operadores sobre o cumprimento das medidas de segurança operacional, como submeter os autocarros à inspecção periódica obrigatória, habilidade dos condutores (reciclagem) para o exercício da actividade de transporte público de passageiros, disponibilidade de extintores de incêndio a bordo, mecanismos de evacuação dos passageiros, entre outras medidas”, lê-se no documento.

A Agência Metropolitana exorta todos os operadores do serviço de transporte urbano de passageiros a uma observância das medidas de segurança para a proteção dos passageiros e do equipamento alocado para este serviço e avisa que os prevaricadores serão severamente responsabilizados.

Aurelio Sambo – Correspondente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Timor-Leste: Lu-Olo preocupado com aumento dos bens essenciais

Timor-Leste: Lu-Olo preocupado com aumento dos bens essenciais

O Presidente de Timor-Leste, Francisco Guterres Lu-Olo, está preocupado com a subida dos preços de bens de primeira necessidade. Neste…
Moçambique: Estado perde mais de 300 milhões de meticais devido à corrupção

Moçambique: Estado perde mais de 300 milhões de meticais devido à corrupção

A Procuradora-Geral da República de Moçambique, Beatriz Buchili, divulgou que o Estado moçambicano foi lesado em 2021 em cerca de 303.445.601,7…
Afeganistão: Talibãs proíbem TikTok e PUBG no país

Afeganistão: Talibãs proíbem TikTok e PUBG no país

O regime talibã no Afeganistão proibiu nesta quinta-feira, 28 de abril, o uso da rede social TikTok e do jogo…
NATO diz que adesão da Finlândia e da Suécia poderá ser um "processo rápido"

NATO diz que adesão da Finlândia e da Suécia poderá ser um "processo rápido"

O secretário-geral da NATO, Jens Stoltenberg, afirmou que a Finlândia e a Suécia poderão juntar-se rapidamente à Aliança Atlântica se…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin