Moçambique: Agente do SERNIC detido em Nampula

A Policia da República de Moçambique (PRM) deteve na semana passada um agente do Serviço Nacional de Investigação Criminal (Sernic) que terá cobrado ilicitamente 22.500 meticais, para libertar um prisioneiro que se encontra sob custódia numa esquadra da polícia em Nampula, no norte do país.

O agente, detido no dia 14, terá contactado a mulher do prisioneiro garantindo-lhe que “podia criar condições” para a libertação do marido “em coordenação com um magistrado do Ministério Público, cujo nome não foi revelado”, disse José Sopa, do Gabinete Provincial de Combate à Corrupção em Nampula,

“O colega cobrou à senhora o valor total de 22.500 meticais, entretanto a soltura não chegou a acontecer”, referiu José Sopa.

Segundo o Gabinete de Combate à Corrupção, o agente terá prometido ainda criar condições mediante pagamento para que a mulher falasse com o seu marido, uma vez que tinha “dificuldade de conversar com ele na esquadra”.

Um total de 326 agentes da polícia moçambicana foram expulsos em 2020 por se terem envolvido em atos criminais, de acordo com os últimos dados divulgados pelo comando-geral da Polícia da República de Moçambique.

Aurelio Sambo – correspondente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

Militantes e delegados dos partidos MPLA (Angola), FRELIMO (Moçambique), ANC (África do Sul) e SWAPO (Namíbia) terminam neste sábado, 26…
Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

O presidente da Comissão de Administração Pública e Poder Local da Assembleia da República de Moçambique, Francisco Mucanheia, chefiou um…
Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

O Ministério das Finanças de Timor-Leste informou, através de um documento, que a construção do Porto de Tíbar chegou a 72%…
Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Na província moçambicana de Nampula, 17.182 trabalhadores foram empurrados para o desemprego nos dois últimos anos na sequência da paralisação…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin