Moçambique: Agentes das Alfândegas em Nangade abandonam postos

Cerca de 60 agentes das Alfândegas ligados ao Posto de Travessia de Nonje, no distrito de Nangade, a norte da província de Cabo Delgado, abandonaram os seus postos de trabalho. A situação deveu-se a um ataque terrorista ocorrido no passado domingo, 07 de março.

Ainda não se sabe se o referido posto foi ou não vandalizado pelos invasores. Sabe-se, no entanto, que parte dos agentes precisou de primeiros socorros, devido aos ferimentos ligeiros ocorridos na altura do ataque.

Segundo fontes locais, até segunda-feira, dia 08, houve 20 agentes das Alfândegas que chegaram à vila-sede do distrito de Nangade. Em relação aos restantes, o paradeiro permanece desconhecido.

O Posto de Travessia de Nonje está situado a quatro quilómetros da vila-sede de Nangade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: Renamo comenta "invenção da Frelimo" sobre Junta Militar

Moçambique: Renamo comenta "invenção da Frelimo" sobre Junta Militar

O secretário-geral da Renamo, André Mangibire, afirmou à “STV” que duvida da existência de um novo líder da Junta Militar…
Timor-Leste: Candidatos presidenciais assinam pacto da unidade nacional

Timor-Leste: Candidatos presidenciais assinam pacto da unidade nacional

A maioria dos candidatos presidenciais assinou nesta segunda-feira, 28 de fevereiro, o pacto da unidade nacional. O objetivo é assegurar a…
Cabo Verde: Brava anuncia formação gratuita em Marketing Digital

Cabo Verde: Brava anuncia formação gratuita em Marketing Digital

Já estão abertas as inscrições para uma formação gratuita em Marketing Digital na ilha da Brava, avança “A Nação”. Esta…
Ucrânia: Presidente assina pedido de adesão à União Europeia

Ucrânia: Presidente assina pedido de adesão à União Europeia

O Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, assinou nesta segunda-feira, 28 de fevereiro, o pedido formal de adesão à União Europeia…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin