Moçambique: Antigo Director Provincial da Indústria e Comércio de Cabo Delgado na barra dos réus

O cessante Diretor da Direção Provincial da Indústria e Comércio de Cabo Delgado, Faustino Florêncio Chavango, está desde a semana passada a responder na barra do Tribunal Judicial da província, acusado de cinco (5) crimes cometidos enquanto dirigente daquela instituição.

O Ministério Público em Cabo Delgado acusa Faustino Florêncio Chavango, no processo 63/2019, de crimes de peculato, corrupção, abuso de cargo, pagamento indevida de remunerações e falsificação de documentos.

Argumenta a acusação que o antigo dirigente usou 90 mil meticais de ajudas de custos, durante a Feira Internacional de Maputo, FACIM 2018, de 13 dias mas justificou ter ficado em 45 dias. Desviou igualmente 600 sacos de cimento que era alocado ao governo provincial pelo Cimentos de Cabo Delgado, bem como encaixe para seus bolsos de quatro milhões de meticais no negócio da venda do Complexo Residencial GEPTEX localizado no distrito de Montepuez. 

Funcionários e antigos colegas do cessante Diretor da Direção Provincial da Indústria e Comércio, Faustino Florêncio, foram arrolados como declarantes do processo 63/2019.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Teatro da Trindade estreia "Nuvem"

Teatro da Trindade estreia "Nuvem"

O espetáculo “Nuvem”, de Carlos Manuel Rodrigues, vencedor da 4ª Edição do Prémio Miguel Rovisco – Novos Textos Teatrais, estreia…
Cabo Verde: Edil da Câmara da Praia quer Polícia Municipal em 2023

Cabo Verde: Edil da Câmara da Praia quer Polícia Municipal em 2023

O presidente da Câmara Municipal da Praia (CMP), Francisco Carvalho, disse estar “expectante” com a implementação da Polícia Municipal em…
STP: 4 detidos morrem no quartel militar

STP: 4 detidos morrem no quartel militar

Quatro cidadão são-tomense que se encontravam detidos no quartel militar, depois da tentativa de invasão falhada, morreram na passada sexta-feira,…
Angola recebeu auxílio de USD 246 mil do Japão para desminagem

Angola recebeu auxílio de USD 246 mil do Japão para desminagem

O Governo japonês investiu mais de 246.900 dólares em ações de desminagem na província do Cuanza Sul, segundo o Embaixador do…