Moçambique: Apoio da UE às FADM sem equipamento militar letal

O diretor-adjunto da Capacidade Militar de Planeamento e Condução da União Europeia (UE), major-general Hermínio Maio, informou que o apoio da UE para a capacitação das unidades especiais das Forças Armadas de Defesa de Moçambique (FADM) contra o terrorismo em Cabo Delgado inclui assistência e fornecimento de equipamento militar não letal. 

A afirmação foi feita em Maputo, tendo Hermínio Maio acrescentado que a Missão de Formação Militar da UE a Moçambique (EUTM-Moçambique) vai garantir o essencial entre o treino e o equipamento das unidades prontas para operações. 

Esta Missão tem um mandato de dois anos para a especialização de 11 unidades de fuzileiros e comandos das FADM. O objetivo é torná-las capazes de responder rapidamente ao terrorismo. 

“A EUTM-Moçambique foi planeada e dimensionada de acordo com os requisitos identificados pelas autoridades moçambicanas, estando inicialmente mandatada para conduzir a sua missão durante os próximos dois anos”, acrescentou o major-general, citado pelo “Notícias Online”. 

A mesma fonte encorajou as autoridades a usarem todo o potencial especializado da EUTM-Moçambique para consolidar as capacidades das FADM na resolução da crise presente no país e na preparação sustentada dos desafios do futuro, respondendo assim às necessidades de segurança do povo e aos anseios de uma vida em paz e prosperidade. 

“As instituições e os Estados-membros da União Europeia e muito particularmente os cidadãos moçambicanos esperam resultados desta ação, sendo, seguramente, uma oportunidade que é necessário ganhar”, concluiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

Militantes e delegados dos partidos MPLA (Angola), FRELIMO (Moçambique), ANC (África do Sul) e SWAPO (Namíbia) terminam neste sábado, 26…
Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

O presidente da Comissão de Administração Pública e Poder Local da Assembleia da República de Moçambique, Francisco Mucanheia, chefiou um…
Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

O Ministério das Finanças de Timor-Leste informou, através de um documento, que a construção do Porto de Tíbar chegou a 72%…
Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Na província moçambicana de Nampula, 17.182 trabalhadores foram empurrados para o desemprego nos dois últimos anos na sequência da paralisação…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin