Moçambique

Moçambique: Assassinado membro desmobilizado da Renamo

Apoiantes da Renamo

A Renamo denunciou o assassinato de um membro do partido, que foi recentemente desmobilizado na base de Mangomonhe. Essa desmobilização aconteceu no âmbito do processo de Desmobilização, Desarmamento e Reintegração (DDR), que está em curso.

A denúncia foi feita pelo secretário-geral da maior formação política da oposição em Moçambique, André Magibire, nesta quarta-feira, 09 de setembro.

Segundo a fonte, que falou em conferência de imprensa, a vítima mortal trata-se então de João Muthandi. O malogrado residia na localidade de Panja, situada no Posto Administrativo de Muxúnguè, na província de Sofala.

Magibire disse também que o militante desmobilizado foi morto por homens armados. Como os autores do crime ainda não foram identificados, exigiu que as autoridades esclarecessem assim o caso, com a devida celeridade.

“Apelamos às autoridades policiais e administrativas do distrito de Chibabava, e não só, a trabalharem de forma afincada para o esclarecimento e responsabilização criminal dos malfeitores”, declarou.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo