Moçambique: Atacada aldeia que acolhia centenas de deslocados

Um grupo armado alegadamente ligado ao Estado Islâmico atacou a aldeia Nkoe esta quinta-feira, 23 de junho, na província de Cabo Delgado. Nessa zona encontravam-se centenas de deslocados, que tinham fugido recentemente dos ataques registados no distrito de Ancuabe, iniciados a 05 de junho. 

Segundo fontes locais divulgadas pela “VOA”, a aldeia foi invadida a tiros de madrugada. Os invasores terão incendiado 12 palhotas, o que levou os deslocados ao desespero. 

“Foi de repente. Primeiro entraram a disparar e a população fugiu para mata, e agora que estamos a falar estão a queimar casas”, afirmou um sobrevivente, enquanto tentava encontrar meios para sair da aldeia. 

Ainda é desconhecido o número de vítimas mortais deste ataque, mas uma fonte militar assegurou que uma intervenção das Forças de Defesa e Segurança e milicianos tinha expulsado os atacantes, localmente conhecidos por al-Shaabab. 

Mais tarde, várias pessoas foram vistas com trouxas em direção a Pemba, a capital de Cabo Delgado. A situação vai agravar a crise da nova vaga de deslocados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: XII Congresso da Frelimo encerra um dia mais cedo

Moçambique: XII Congresso da Frelimo encerra um dia mais cedo

O XII Congresso da Frelimo começou na passada sexta-feira, 23 de setembro, e iria terminar na quarta-feira, dia 28. No…
Cabo Verde: Donativos internacionais desceram mais de 30%

Cabo Verde: Donativos internacionais desceram mais de 30%

O Ministério das Finanças de Cabo Verde registou uma queda de 30% nos donativos internacionais recebidos até julho, comparativamente ao…
Angola: Secretário do MPLA no Rangel vigiado pelo SINSE

Angola: Secretário do MPLA no Rangel vigiado pelo SINSE

O primeiro secretário distrital do Rangel do MPLA, Josué Gourgel, está a ser vigiado pelo Serviço de Inteligência e Segurança…
Cabo Verde: UCID alerta para "reformas sem planeamento" na Educação

Cabo Verde: UCID alerta para "reformas sem planeamento" na Educação

A União Cabo-verdiana Independente e Democrática (UCID) partilhou a sua preocupação em relação à forma como tem sido implementada a…