Moçambique: Ataque de búfalo faz uma vítima mortal

Um homem de 50 anos foi atacado mortalmente por um búfalo na passada terça feira, 27 de Julho, no povoado de Lugenda, distrito de Mecula na Província de Niassa que encontra se na área de reserva nacional de Niassa.

Segundo Mirsa Magonda, porta voz local da Polícia da República de Moçambique trata-se de quarto caso mortal neste ano, “já tivemos ocorrências de outros casos que por pronta intervenção da força e outros por ajuda de populares não resultaram em mortes. Este não foi o primeiro que teve um fim trágico e para evitar esse tipo de conflito já foram abatidos um leopardo e um hipopótamo que eram tidos como animais problemáticos para com as comunidades” disse.

A fonte ainda disse que depois desse caso já está a decorrer ações que visam a sensibilização das comunidades para evitar o contacto entre Homem e animais naquela área de conservação, uma ação que está sendo bem vinda, no entanto, as comunidades alegam que é ali onde buscam o sustento apesar do perigo eminente.

Matias Cassamo, de 35 anos, parente da vítima e residente no mesmo povoado afirma que não é primeira vez que as pessoas são atacados por animais, os demais casos foram causados principalmente pelos animais que recentemente foram mortos pelos agentes da polícia. “Aqui é arriscado andar sozinho pior naquela hora das primeiras horas da manhã e no pôr do sol esses bichos às vezes não tem medo das pessoas eles vem mesmo pegar pela perna ou braço da pessoa, eu mesmo fui atacado e por sorte estava com os meus cunhados por perto e fui logo prontamente socorrido” testemunhou.

Aurélio Sambo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: IESE diz que Covid-19 não foi principal causa de recessão do país

Moçambique: IESE diz que Covid-19 não foi principal causa de recessão do país

O Instituto de Estudos Sociais e Económicos (IESE) considera que a Covid-19 não foi a principal causa da recessão económica em Moçambique.…
Guiné-Bissau: Presidente exonera Chefe de Estado-maior da armada e vice do Exército

Guiné-Bissau: Presidente exonera Chefe de Estado-maior da armada e vice do Exército

Segundo uma nota do Gabinete de Comunicação da Presidência da República, citando o Decreto Presidencial, “é o Contra Almirante, Carlos…
Timor-Leste: Elaboração do Plano de Urbanização de Díli aprovada

Timor-Leste: Elaboração do Plano de Urbanização de Díli aprovada

O Conselho de Ministros de Timor-Leste aprovou a elaboração do Plano de Urbanização de Díli. O objetivo é melhorar a…
Angola: Governo aprova mais de 15 mil milhões de kwanzas para Agricultura e Pescas

Angola: Governo aprova mais de 15 mil milhões de kwanzas para Agricultura e Pescas

O ministro da Agricultura e Pescas de Angola, António Francisco de Assis, informou que foram aprovados mais de 15 mil…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin