Moçambique: Atraso de salários gera greve no município de Nacala

Mais de setecentos funcionários e agentes do Estado afetos ao Conselho autárquico de Nacala, na província de Nampula, encontram-se em greve desde as primeiras horas de hoje, dia 4 de janeiro.

Os grevistas acusam o presidente da autarquia, Raul Novinte, e a sua direção executiva de serem maus gestores e exigem o pagamento de salários em atraso, referente aos meses de novembro e dezembro de 2022 e décimo terceiro mês.

Os funcionários apresentam, inclusive, um documento da Direção Provincial das Finanças de Nampula, dando confirmação de transferência do Fundo de Compensação Autárquica (FCA) para o pagamento dos salários.

Já em outubro, os funcionários do Município de Nacala previam que passariam a quadra festiva sem salários uma vez que a contenda entre si e o executivo era recorrente. “Várias vezes afirmamos que a gestão municipal de Novinte deixa a desejar e ameaça o Município cair em colapso total”, desabafa um dos lesados.

Funcionários da edilidade afirmam que os factos que se vivem em Nacala são alarmantes, ameaçadores e desumanos, e que jamais aconteceu nos mandatos passados, mesmo na outra governação da Renamo em que o seu edil era Manuel dos Santos.

Importa referir que ontem, 03 de janeiro, os representantes dos funcionários grevistas, Vasco Carina e Vialina Gouveia, endereçaram uma carta à edilidade a solicitar autorização de uma greve pacífica com duração de cinco dias, das 07:30 às 15:30 minutos, que podem ser prorrogáveis, até que se resolva a situação.

O Diretor do Gabinete de Comunicação do Município, Arlindo Chissale, reconhece a dor dos funcionários e o atraso dos salários, porém, garantiu que estão a fazer todos os esforços para que num prazo de 14 dias o Município de Nacala resolva a questão.

Aurelio Sambo – Correspondente

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Governo libanês reverte apelo para investigar crimes de guerra de Israel no Líbano

Governo libanês reverte apelo para investigar crimes de guerra de Israel no Líbano

Esta semana, o governo libanês anunciou que pretende recuar no pedido de investigações de crimes de guerra israelitas em solo…
Cabo Verde: Santa Catarina já conta com centro multifuncional para crianças especiais

Cabo Verde: Santa Catarina já conta com centro multifuncional para crianças especiais

Foi inaugurado, segunda-feira, em Santa Catarina, o Centro de Cuidados de Crianças e Adolescentes com Necessidades Especiais. Localizado no edifício…
África do Sul: Comissão Eleitoral Independente continua a processar os resultados da eleição de 29 de Maio

África do Sul: Comissão Eleitoral Independente continua a processar os resultados da eleição de 29 de Maio

Os órgãos eleitorais da África do Sul esperaram concluir este fim-de-semana a contagem dos votos das eleições gerais de 29…
Brasil: A Fundação AIS está solidária com as vítimas das trágicas inundações

Brasil: A Fundação AIS está solidária com as vítimas das trágicas inundações

A organização internacional católica Ajuda à Igreja que Sofre (Fundação AIS) está em estreito contacto com os seus parceiros locais…