Moçambique aumenta cooperação militar com Ruanda

As autoridades de segurança de Moçambique e do Ruanda reuniram-se na segunda-feira, 10 de janeiro, na capital ruandesa Kigali, para debaterem a expansão da cooperação de defesa e segurança entre os países. 

O porta-voz das Forças de Defesa do Ruanda, Coronel Ronald Rwivanga, disse mais tarde ao diário ruandês “New Times” que foram discutidos os progressos no restabelecimento da autoridade do Estado nas zonas da província moçambicana de Cabo Delgado. 

Recorde-se que essa é uma zona frequentemente atacada por grupos armados desde outubro de 2017, estando tropas do Ruanda a ajudar a combatê-los desde 2021. 

“A outra questão que discutimos é a forma de iniciar a formação das forças moçambicanas para que cumpramos o último elemento que discutimos da reforma do setor de segurança, de modo a dar a capacidade necessária às forças em Moçambique para poderem resistir por conta própria quando tomarmos a decisão de retirar no futuro”, acrescentou Rwivanga. 

Por sua vez, o Chefe do Estado Maior das Forças Armadas de Moçambique (FADM), General Joaquim Mangrasse, que chefiou a delegação moçambicana, declarou que os grupos terroristas estão “significativamente enfraquecidos”. Tal deve-se às recentes operações das FADM e dos seus aliados do Ruanda e SAMIM (Missão da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral em Moçambique). 

As delegações assinaram um acordo para ampliar a sua cooperação militar, mas não falaram muito com a imprensa sobre o assunto. Referiram apenas que o objetivo do acordo é “melhorar as operações que estão a decorrer em Cabo Delgado”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Na província moçambicana de Nampula, 17.182 trabalhadores foram empurrados para o desemprego nos dois últimos anos na sequência da paralisação…
Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

O Presidente russo, Vladimir Putin, apelou ao Exército ucraniano para que retirasse o apoio ao Governo ucraniano, o que significa…
Ucrânia confirma ataques da Rússia a creches e orfanatos

Ucrânia confirma ataques da Rússia a creches e orfanatos

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Ucrânia, Dmytro Kuleba, confirmou os relatos de ataques e bombardeamentos a creches e orfanatos…
Rússia prende mais de 1.800 manifestantes que são contra a guerra

Rússia prende mais de 1.800 manifestantes que são contra a guerra

As autoridades russas detiveram mais de 1.800 manifestantes que se opuseram à invasão à Ucrânia.  “Nós estamos preocupados com as…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin