Moçambique | Segurança

Moçambique: Autoridades abatem suspeitos de ataques a civis

As forças de defesa e segurança de Moçambique abateram oito membros dos grupos armados que têm atacado a população, durante uma operação nas matas da província de Cabo Delgado, junto a uma das aldeias onde, no domingo, foram decapitadas 10 pessoas, anunciou no sábado o canal televisivo STV.

A notícia também foi confirmada por outras fontes contatadas pela agência Lusa que mencionaram uma operação em que as autoridades terão encontrado os suspeitos enquanto preparavam comida, no meio de uma floresta em Quissengue, posto administrativo de Olumbi, sem especificar quantos seriam ou quantos terão sido abatidos.

Na operação também foram apreendidas catanas e uma metralhadora AK-47, além de comida e de um passaporte tanzaniano.

Segundo a STV, os supostos agressores terão sido abatidos na sexta-feira, depois de mais uma pessoa ter sido decapitada, na quinta-feira, na povoação de Muti, no mesmo distrito.

A vila de Mocímboa da Praia e povoações do meio rural da província de Cabo Delgado, no norte de Moçambique, têm sido alvo de ataques de grupos armados desde outubro de 2017.

Um estudo divulgado em maio, em Maputo, aponta como causa da violência, a existência de redes de comércio ilegal na região e a movimentação de grupos radicais islâmicos, oriundos de países a norte.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo