Moçambique

Moçambique: Autoridades enviam ajuda para zonas isoladas em Cabo Delgado

Governo da Província de Cabo Delgado

As autoridades na província de Cabo Delgado enviaram nesta terça-feira, 07 de janeiro, um barco com alimentos, medicamentos e combustível para abastecer nove distritos isolados no local, devido ao desabamento da ponte sobre o rio Montepuez, ocorrido em finais de dezembro. O envio foi feito a partir do porto de Pemba para o distrito de Mocímboa da Praia.

As fortes chuvas que caem na província destruíram diversas vias de acesso, o que trouxe o condicionamento da movimentação de produtos de primeira necessidade, fármacos e combustíveis, resultando, em alguns casos, no aumento do preço dos produtos.

“Com estas embarcações, nós vamos dar resposta de forma imediata à escassez de alimentos, à eventual escassez de medicamentos, à escassez de combustíveis. Vamos também, com estes meios, contribuir de forma incisiva para o controlo dos preços, para combatermos a especulação [e] os oportunistas”, disse o governador provincial de Cabo Delgado, Júlio Parruque, no porto de Pemba, na altura do embarque dos produtos.

Também uma ponte metálica para o rio Messalo, com 30 metros de comprimento, seguiu nesta terça-feira em direção a Mocímboa da Praia, com o objetivo de permitir a ligação rodoviária do norte ao centro de Cabo Delgado através dos distritos de Maconha e Muidumbe.

“Queremos que os comerciantes e a economia da província não sintam um impacto muito grande depois do colapso da ponte sobre o rio Montepuez e o corte que sofremos sobre o rio Messalo”, explicou Parruque.

O Governo moçambicano assegurou que há empreiteiros no local para fazerem a ligação alternativa entre os distritos norte e centro da província o mais rapidamente possível, havendo igualmente outras vias alternativas que estão a beneficiar de reabilitação.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo