Moçambique: Cabo Delgado volta a ser alvo de ataques armados

Fontes locais denunciaram que os grupos armados que têm protagonizado ataques no Norte do país invadiram na segunda-feira, 06 de abril, Quissanga e Muidumbe, distritos da província de Cabo Delgado.

Segundo as mesmas fontes, os invasores incendiaram uma igreja, sem causar vítimas mortais. O primeiro ataque terá acontecido na localidade de Meangueleua, posto administrativo de Chitunda, em Muidumbe, onde os insurgentes terão feito reféns alguns residentes, durante algum tempo, antes de vandalizarem uma igreja local.

O grupo terá ido depois para a aldeia de Muatide, no mesmo distrito, onde disparou, alegadamente, vários tiros para o ar, mas sem fazer vítimas mortais. Terão sido ainda destruídas várias casas em aldeias de Mueda, a 41 quilómetros de Muidumbe.

Terá havido também uma incursão armada contra Bilibiza, mais de 100 quilómetros a Sul e a cerca de 50 de Pemba, a capital provincial. Bilibiza é uma povoação onde existe uma escola agrária atacada em janeiro e de onde parte da população fugiu.

Recorde-se que Cabo Delgado tem sido alvo constante de ataques armados desde outubro de 2017. Várias organizações internacionais já classificaram a situação como uma ameaça terrorista, tendo a mesma feito, pelo menos, 350 mortos, além de haver 156.400 pessoas afetadas com perda de bens ou obrigadas a abandonar casa e terras para procurarem locais seguros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Banco de Moçambique cancela registo de 15 operadores de microcrédito

Banco de Moçambique cancela registo de 15 operadores de microcrédito

O Banco de Moçambique decidiu cancelar o registo de 15 operadores de microcrédito. Estes passam a estar assim proibidos de…
Cabo Verde e Suíça decidem facilitar vistos de curta duração

Cabo Verde e Suíça decidem facilitar vistos de curta duração

Cabo Verde e Suíça acordaram que vão facilitar a emissão de vistos de curta duração, divulgou o Ministério dos Negócios…
Timor-Leste: Debate de candidatos presidenciais adiado para 15 de março

Timor-Leste: Debate de candidatos presidenciais adiado para 15 de março

O Vice-Presidente da Comissão Nacional de Eleições (CNE), Domingos Barreto, informou que o debate público dos candidatos à Presidência da…
Moçambique: Maleiane ocupa cargo de primeiro-ministro

Moçambique: Maleiane ocupa cargo de primeiro-ministro

O chefe de Estado moçambicano, Filipe Nyusi, confere posse a Adriano Maleiane nesta sexta-feira, 04 de março. O ex-ministro da…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin