Moçambique: Campanha eleitoral causa 5 mortos, 26 detidos e 20 feridos

A campanha eleitoral moçambicana não tem decorrido de forma pacífica. Dela já resultaram cinco mortos, 26 detidos e 20 feridos, de acordo com a informação divulgada esta segunda-feira, 08 de outubro, em Maputo, pelo porta-voz da Polícia, no Comando-geral, Inácio Dina.

“Registámos 28 ocorrências, das quais 14 ilícitos eleitorais, oito ofensas corporais, três acidentes de viação, dois casos de danos em viaturas e um caso de electrocução”, disse Inácio Dina.

O porta-voz partilhou estes dados com o objectivo de fazer o balanço dos treze dias da campanha eleitoral, tendo dado o pormenor de que, entre as mortes existentes, algumas foram causadas por acidentes de viação que envolveram participantes em caravanas de alguns partidos políticos.

Outra das mortes teve a electrocução como causa. A vítima estava a colar um panfleto num poste de energia eléctrica quando apanhou um choque. No que respeita aos 20 feridos, alguns deles encontram-se em estado grave e outros em estado ligeiro.

Ainda assim, e apesar das 26 detenções, a Polícia fez um balanço positivo da campanha. “Fazemos uma avaliação positiva, pese embora tenhamos registado incidentes localizados. A Polícia esteve a garantir a ordem nas cinquenta e três autarquias, e os incidentes localizados não mancharam o processo”, afirmou Inácio Dina.

Mesmo sem referir dados concretos, o porta-voz afirmou que Tete, Zambézia e Gaza são as províncias com mais ocorrências, devido à “intolerância política entre os simpatizantes”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Angola: Moco diz que MPLA receia enfrentar Costa Júnior

Angola: Moco diz que MPLA receia enfrentar Costa Júnior

O ex-primeiro-ministro angolano e militante do MPLA, Marcolino Moco, afirmou que o partido no poder, tal como o líder João…
Moçambique quer fortalecer cooperação com STP na Educação

Moçambique quer fortalecer cooperação com STP na Educação

A Embaixadora de Moçambique em São Tomé e Príncipe, Osvalda Joana, partilhou a vontade do país que representa em reforçar…
Cabo Verde: PAICV quer vencer as seis câmaras municipais de Santiago Norte em 2024

Cabo Verde: PAICV quer vencer as seis câmaras municipais de Santiago Norte em 2024

A presidente da Comissão Política Regional do PAICV em Santiago Norte, Carla Carvalho, afirmou que o “grande desafio” do mandato…
Portugal pondera aumentar número de turmas para crianças ucranianas

Portugal pondera aumentar número de turmas para crianças ucranianas

O ministro da Educação em Portugal, Tiago Brandão Rodrigues, reafirmou nesta sexta-feira, 11 de março, que as escolas portuguesas estão preparadas…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin