Moçambique: CNE reconhece irregularidades nas eleições gerais

O presidente da Comissão Nacional de Eleições (CNE) de Moçambique, Abdul Carimo, manifestou a sua preocupação com “algumas irregularidades” registadas nas eleições gerais, realizadas a 15 de outubro. No entanto, garantiu que a instituição que dirige fez os possíveis para que o processo fosse “o mais limpo”.

“Naturalmente que nós temos preocupações, como órgão de gestão eleitoral, relativas a algumas irregularidades que ocorreram durante o processo”, declarou nesta terça-feira, 29 de outubro, após a entrega ao Conselho Constitucional (CC) da documentação relativa ao apuramento dos resultados do sufrágio.

O dirigente ajuntou que, consciente da ocorrência de falhas no processo, o órgão evitou descrever as eleições gerais como livres, justas e transparentes no anúncio dos resultados que fez no passado domingo. “Por isso é que quando nós fizemos o anúncio dos resultados, ninguém nos ouviu a dizer que as eleições foram livres, justas e transparentes”, salientou.

Carimo frisou também que o julgamento sobre a liberdade, justiça e transparência do escrutínio vai ser efetuado pelo Conselho Constitucional (CC).

Entretanto, a presidente do CC, Lúcia Ribeiro, informou que o órgão ainda vai decidir sobre os recursos interpostos pelos concorrentes às eleições gerais, para depois analisar os dados dos resultados do processo eleitorais. Anunciou igualmente que o CC só irá pronunciar-se sobre a validação das eleições, em finais de dezembro, de forma a “não encurtar os prazos da atual composição da Assembleia da República”.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Cabo Verde é dos 21 melhores destinos para visitar em 2023

Cabo Verde é dos 21 melhores destinos para visitar em 2023

Cabo Verde encontra-se entre os 21 melhores destinos para se visitar em janeiro de 2023, de acordo com a lista…
Angola: Acidentes de viação são segunda causa de morte do país

Angola: Acidentes de viação são segunda causa de morte do país

A Vice-Presidente de Angola, Esperança da Costa, partilhou a sua surpresa no que diz respeito à existência de um grande número…
Moçambique recebe mais USD 59 milhões do FMI para OE

Moçambique recebe mais USD 59 milhões do FMI para OE

O Fundo Monetário Internacional (FMI) concluiu a primeira avaliação do programa de financiamento de três anos ao Orçamento do Estado…
Moçambique: FMI prevê elevado crescimento do crédito à economia

Moçambique: FMI prevê elevado crescimento do crédito à economia

O Fundo Monetário Internacional (FMI) estima um crescimento considerável do crédito à economia em 2023 para Moçambique.  Se isso se…