Moçambique: CNE só tem 6% do valor necessário para as eleições

A Comissão Nacional de Eleições (CNE) de Moçambique tem apenas 6% do valor necessário para realizar os sufrágios de 2023 e 2024. O custo global do ciclo eleitoral referente aos anos de 2022 a 2025 é de pouco mais de 18,7 mil milhões de meticais.

Estes dados integram um documento da CNE, tendo sido divulgados pelo jornal “O País”. Do montante mencionado, cerca de 3,2 mil milhões são o orçamento para 2022.

A entidade acrescenta que estão disponíveis, atualmente, cerca de 1,2 mil milhões de meticais para a fase preparatória, que inclui recenseamento eleitoral. Tal representa um défice de pouco mais de dois mil milhões de meticais.

“Ainda nos faltam dois terços do valor necessário para as atividades preparatórias”, é mencionado. “Estamos a trabalhar com o Governo, de modo a encontrarmos uma forma de ultrapassar esta situação, incluindo o crónico problema da falta de instalações apropriadas para a Comissão Nacional de Eleições a nível central”, lê-se ainda.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Cabo Verde: Orlando Dias apresenta Nova Carta Política para unir o MpD e a Nação

Cabo Verde: Orlando Dias apresenta Nova Carta Política para unir o MpD e a Nação

O candidato à presidência do MpD, Orlando Dias, iniciou 2023 com a apresentação de uma Nova Carta Política para unir…
Angola: UNITA promete mudanças na Lunda Norte

Angola: UNITA promete mudanças na Lunda Norte

O novo secretário provincial da UNITA na Lunda Norte, Francisco Cacoma, prometeu na terça-feira, 03 de janeiro, que vai adotar…
Moçambique: Presidente de Quelimane promete pagar 13º mês de 2022

Moçambique: Presidente de Quelimane promete pagar 13º mês de 2022

O Presidente do Município da Cidade de Quelimane, na Província da Zambézia, Manuel de Araújo, prometeu, na tarde de 4…
Timor-Leste: PIB não-petrolífero subiu 3,9% em 2022

Timor-Leste: PIB não-petrolífero subiu 3,9% em 2022

O Produto Interno Bruto (PIB) não-petrolífero de Timor-Leste cresceu 3,9% em 2022, de acordo com os dados provisórios do Ministério das Finanças. …