Moçambique: Comandante da PRM em Cabo Delgado reconhece que há mortes pelos recursos minerais

O Comandante Provincial da PRM, em Cabo Delgado, Vicente Chicote, reconheceu esta segunda-feira (9), em Pemba, que na busca dos minérios, pelos garimpeiros ilegais, muitas vidas humanas estão a ser perdidas a cada dia.

Segundo Chicote, que falava no lançamento da semana comemorativa da Polícia da República de Moçambique, a corporação vai fazer de tudo para minimizar a prática de garimpo ilegal para salvar vidas. “Vamos também redobrar esforços para minimizar aquela actividade de garimpo ilegal, que está a dizimar vidas humanas, os garimpeiros não observam as medidas de segurança e alguns acabam perdendo a vida” observou.

De acordo com fontes, em finais de abril, a Polícia da República de Moçambique no distrito de Montepuez, baleou três jovens, quando tentavam invadir as minas de rubi concessionadas a Montepuez Rubi Mining. Um dos jovens acabou por morrer e dois ficaram gravemente feridos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

FLEC-FAC exige direito à autodeterminação e independência de Cabinda

FLEC-FAC exige direito à autodeterminação e independência de Cabinda

Exigindo o direito à autodeterminação e independência de Cabinda como “única saída conforme à legalidade internacional”, a Frente para a…
Timor-Leste: Primeiro-ministro quer orçamento retificativo

Timor-Leste: Primeiro-ministro quer orçamento retificativo

O primeiro-ministro timorense, Taur Matan Ruak, defendeu nesta segunda-feira, 09 de maio, a necessidade de corrigir o Orçamento Geral do…
Guiné-Bissau: Primeiro-ministro de Cabo Verde em visita oficial a Bissau

Guiné-Bissau: Primeiro-ministro de Cabo Verde em visita oficial a Bissau

O Chefe do Governo de Cabo Verde, está em Bissau para uma visita oficial de dois dias. Logo à sua…
Brasil: Presidente do Senado faz advertência a Bolsonaro 

Brasil: Presidente do Senado faz advertência a Bolsonaro 

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), afirmou neste domingo que não é possível admitir “sequer uma bravata relacionada a…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin