Moçambique

Moçambique: Comandante das Forças Armadas assassinado

O comandante da unidade das Forças Armadas de Defesa de Moçambique (FADM) destacada na vila de Mocímboa da Praia, na província de Cabo Delgado, foi assassinado. Tal ocorreu durante um combate com um grupo de insurgentes armados, segundo fontes militares.

As mesmas fontes partilharam ainda que o membro das Forças Armadas não terá sido a única vítima mortal. Há um número não apurado de membros das Forças de Defesa e Segurança (FDS) igualmente mortos durante a invasão ao local. Também atacantes morreram durante os confrontos com as FDS.

Os corpos dos militares atingidos terão sido levados num navio de Mocímboa da Praia para a cidade de Pemba, capital de Cabo Delgado, de onde seguiram de avião para Maputo.

O Ministério da Defesa Nacional ainda não se pronunciou sobre o sucedido. Fontes militares afirmaram que as FDS controlam a vila, mas que existem focos de presença de atacantes nas redondezas, estando os mesmos, alegadamente, misturados com famílias de fora da vila.

Recorde-se que Mocímboa da Praia tem sido constantemente invadida nestes últimos dias e que uma das invasões foi reivindicada pelo grupo ‘jihadista’ Estado Islâmico.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo