Moçambique: Comandante Geral da PRM apela ao regresso e reintegração de terroristas


O Comandante Geral da Polícia da República de Moçambique – PRM, Bernardino Rafael, apela ao abandono das armas e regresso livre e voluntário dos terroristas que, desde 2017, atacam distritos da província de Cabo Delgado, garantindo que será lhes assegurada a reintegração social.

Bernardino Rafael, fez o apelo, na vila de Macomia, durante um encontro que manteve com a população na última sexta feira, tendo assegurado que os mesmos serão perdoados apesar das atrocidades que comentaram.

“Desistam disso, podem voltar também para casa! Regressem e vão ser recebidos. Ninguém vai vos matar. As Forças de Defesa e Segurança não vão vos matar, apenas vamos entregar ao governo e este, condignamente, vai vos tratar como seres humanos, como filhos moçambicanos” , disse Rafael.

Segundo aquele dirigente da PRM, a corporação acredita que os terroristas não estejam longe de Macomia e que haja familiares que esteja a falar com eles, daí que essas pessoas devem convida-los a entregarem-se sob o risco de nos próximos dias, serem fortemente atacados à semelhança dos grupos que atacavam os distritos de Mocímboa da praia e Palma.

Bernardino Rafael, escalou Macomia depois de na semana passada, o Comandante Provincial da PRM em Cabo Delgado ter afirmado que aquele distrito e o de Nangade ainda registavam focos activos de ataques terroristas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Brasil: Presidente Bolsonaro volta a atacar sistema eleitoral brasileiro e ameaça: "tudo pode acontecer!"

O presidente Jair Bolsonaro (PL) voltou a questionar a integridade do processo eleitoral no Brasil, mesmo tendo sido eleito pelas…
Guiné-Bissau: Sissoco Embaló dissolve o parlamento e marca eleições antecipadas

Guiné-Bissau: Sissoco Embaló dissolve o parlamento e marca eleições antecipadas

O Presidente da República, Umaro Sissoco Embaló, anunciou a expectável dissolução o Parlamento. A decisão consta de um decreto presidencial…
Cabo Verde: PR quer revisão da parceria com a UE

Cabo Verde: PR quer revisão da parceria com a UE

O Presidente da República de Cabo Verde defende a revisão da parceria entre o arquipélago e a União Europeia (UE),…
Banco Mundial financia Angola com USD 1,7 mil milhões para programas sociais

Banco Mundial financia Angola com USD 1,7 mil milhões para programas sociais

A Angola recebeu do Banco Mundial um financiamento de 1,7 mil milhões de dólares, nos últimos três anos, para a…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin