Moçambique

Moçambique: Congresso do MDM continua sem datas

Apoiantes do MDM
Apoiantes do MDM

Depois da morte do líder do MDMDaviz Simango, há cerca de 40 dias, o partido ainda não definiu as datas para a realização do congresso onde será eleito um novo presidente. 

Recorde-se que Simango, também representante da autarquia da Beira, faleceu a 22 de fevereiro, na África do Sul, vítima de doença. 

MDM anunciou que ainda em meados deste mês de abril iria ser marcada a reunião do Conselho Nacional da formação política para a indicação das datas em que teria lugar o congresso que culminaria com a eleição do novo presidente. 

Segundo o secretário-geral do partido, José Domingos, o motivo pelo qual as duas reuniões ainda não têm datas marcadas deve-se às restrições impostas no âmbito das medidas de prevenção da Covid-19. 

“Como sabem, há uma série de medidas impostas pelo decreto presidencial, no âmbito das medidas de prevenção da Covid-19, e uma delas é a proibição de encontros com dezenas de pessoas, independente da natureza do assunto. Ora, o nosso Conselho Nacional é composto por 160 membros. Portanto, ele não pode reunir, explicou. 

Mesmo se reunisse, para marcar o congresso o número de participantes seria aos milhares, o que violaria, igualmente, as normas em vigor. Portanto, estamos a procurar cumprir com as medidas, evitando encontros com muitos membros, aguardando novos desenvolvimentos em torno da doença”concluiu. 

No entanto, pediu calma e união aos membros e simpatizantes do MDM, tendo assegurado que “os ideais de Daviz Simango serão seguidos à risca e o lema do MDM, que é Moçambique para Todos não pode parar”.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo