Moçambique conta com forças militares da África do Sul até abril

O Presidente da África do Sul, Cyril Ramaphosa, decidiu estender até 15 de abril o destacamento da Força Nacional de Defesa da África do Sul (SANDF) em Moçambique. Tal é feito no âmbito da missão militar regional na província moçambicana de Cabo Delgado

“Os militares da SANDF continuarão a apoiar a República de Moçambique no período de 16 de janeiro de 2022 a 15 de abril de 2022”, pode ler-se na carta do Presidente da República, citada pela “Lusa” e datada de 28 fevereiro, mas divulgada apenas em março pelo Parlamento sul-africano. 

Nessa missiva, dirigida pelo chefe de Estado à presidente da Assembleia Nacional, Nosiviwe Mapisa-Nqakula, é referido ainda que o destacamento de 1.495 militares vai custar cerca de 985 milhões de rands (56,9 milhões de euros). 

“A Constituição obriga o Presidente a informar o Parlamento prontamente e sem demora injustificada”, explicou à “Lusa” o deputado Kobus Marais do Aliança Democrática, maior partido na oposição na África do Sul.   

“Espero que Moçambique também desempenhe um papel mais significativo como membro da SADC dentro da SAMIM [Missão da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral em Moçambique] e que as forças ruandesas também façam parte da força multinacional alargada para eliminar as forças do ISIL [Estado Islâmico] em Cabo Delgado”, acrescentou.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Cabo Verde: Edil da Câmara da Praia quer Polícia Municipal em 2023

Cabo Verde: Edil da Câmara da Praia quer Polícia Municipal em 2023

O presidente da Câmara Municipal da Praia (CMP), Francisco Carvalho, disse estar “expectante” com a implementação da Polícia Municipal em…
STP: 4 detidos morrem no quartel militar

STP: 4 detidos morrem no quartel militar

Quatro cidadão são-tomense que se encontravam detidos no quartel militar, depois da tentativa de invasão falhada, morreram na passada sexta-feira,…
Angola recebeu auxílio de USD 246 mil do Japão para desminagem

Angola recebeu auxílio de USD 246 mil do Japão para desminagem

O Governo japonês investiu mais de 246.900 dólares em ações de desminagem na província do Cuanza Sul, segundo o Embaixador do…
Moçambique: Oficializado ensino via Internet no país

Moçambique: Oficializado ensino via Internet no país

O Parlamento moçambicano oficializou nesta semana o ensino via Internet no país. Assim, estudantes do ensino superior poderão passar a…