Moçambique

Moçambique: Dhlakama acusa Momade de ser “ditador”

Henriques Dhlakama

Desde que Henriques Dhlakama manifestou o desejo de concorrer às eleições presidenciais de 2024 que se instalou o desentendimento com o líder da RenamoOssufo Momade. 

O filho do falecido Afonso Dhlakama, ex-líder da Renamo, respondeu às recentes declarações de Momade em relação à sua candidatura. Henriques Dhlakama considerou o substituto do pai um “ditador”. 

Isto porque o dirigente do maior partido da oposição em Moçambique disse que Henriques Dhlakama não irá ter o apoio da Renamo na sua candidatura. A resposta a esta declaração foi de que havia prova inequívoca da ditadura que impera na formação política.

Henriques, que respondeu então através da sua assessoria de comunicação, garantiu que as bases da Renamo não irão permitir a materialização do desígnio apregoado pela direção da organização política.

“Assim, o Sr. Henriques Dhlakama entende que, a terem ocorrido as declarações, terão sido apenas fruto de um eventual desconforto por parte do Sr. Ossufo Momade. Seria no mínimo estranho e no máximo muito grave para a democracia interna partidária na Renamo; uma recusa de apoio da Renamo à candidatura à presidência da República por parte do Sr. Henriques Dhlakama, não tendo sido consultadas as bases, expôs a assessoria.

“O Sr. Henriques Dhlakama entende que face a decisões vitais, para vida do seu partido e do país, não ver o seu líder consultar as bases partidárias é uma ditadura. Assim, está convencido que não é o caso da Renamo, pois as suas bases nunca permitirão que alguém decida unilateralmente, numa decisão que diz respeito ao futuro de cada um e das suas famílias – diferença entre um Moçambique na mesma ou um futuro melhor”, referiu ainda. 

Henriques Dhlakama acrescentou que a atual direção máxima da Renamo está a revelar igualmente a falta do sentido de realidade. Isto porque desde que anunciou a sua candidatura tem recebido apoio de pessoas anónimas e daquelas a que chama de “estruturas internas da facção da Renamo, liderada pelo Sr. Ossufo Momade”.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo