Rússia diz que guerra na Ucrânia não afeta relações com Moçambique

O ministro conselheiro da Rússia em Moçambique, Dimitri Sorokin, garantiu que a guerra na Ucrânia não afeta as relações de cooperação entre os russos e os moçambicanos. Pelo contrário, explicou, o objetivo é fortalecer a parceria, indica o jornal “O País”. 

Recorde-se que a união entre a Rússia e Moçambique começou nos primórdios da Luta de Libertação Nacional moçambicana, tendo sido formalizada com o estabelecimento das relações diplomáticas em 1975. Mais tarde, acabou por ser aumentada com a celebração do Tratado de Amizade e Cooperação, em 1977. 

No entanto, devido à recente invasão russa à Ucrânia, o que levou a sanções contra a Rússia, existem receios de Moçambique ressentir-se dos efeitos dessas medidas no setor das exportações e importações. 

Sorokin afirma que não há guerra contra civis na Ucrânia, mas sim uma operação militar para acabar com o potencial bélico que ameaça a Rússia. O governante assegura que o sucedido não vai afetar o intercâmbio entre os dois países. 

Moçambique exporta diversos produtos para a Rússia, entre os quais tabaco, caju e outros alimentícios. Já a Rússia exporta trigo e algumas peças de maquinaria.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Teatro da Trindade estreia "Nuvem"

Teatro da Trindade estreia "Nuvem"

O espetáculo “Nuvem”, de Carlos Manuel Rodrigues, vencedor da 4ª Edição do Prémio Miguel Rovisco – Novos Textos Teatrais, estreia…
Cabo Verde: Edil da Câmara da Praia quer Polícia Municipal em 2023

Cabo Verde: Edil da Câmara da Praia quer Polícia Municipal em 2023

O presidente da Câmara Municipal da Praia (CMP), Francisco Carvalho, disse estar “expectante” com a implementação da Polícia Municipal em…
STP: 4 detidos morrem no quartel militar

STP: 4 detidos morrem no quartel militar

Quatro cidadão são-tomense que se encontravam detidos no quartel militar, depois da tentativa de invasão falhada, morreram na passada sexta-feira,…
Angola recebeu auxílio de USD 246 mil do Japão para desminagem

Angola recebeu auxílio de USD 246 mil do Japão para desminagem

O Governo japonês investiu mais de 246.900 dólares em ações de desminagem na província do Cuanza Sul, segundo o Embaixador do…