Moçambique: Eventos violentos com atores islâmicos aumentaram 237%

O Projeto de Localização de Conflitos Armados e Dados de Eventos (ACLED, na sigla em inglês) revelou que Moçambique teve o maior aumento de eventos violentos com atores islâmicos, o que representa uma subida de 237% em 2019, dos quais resultaram 438 mortos, quase o triplo de 2018.

“Moçambique teve o maior aumento no número de eventos com atores islâmicos (237%), principalmente por causa da expansão e do fortalecimento dos insurgentes na província de Cabo Delgado”, pode ler-se no relatório divulgado pelo ACLED, com sede nos Estados Unidos da América.

O documento, que contabiliza o número de acontecimentos violentos e mortes daí decorrentes, refere que “Moçambique também registou um dos maiores aumentos nas mortes registadas no ano passado, com mais 438 em 2019 do que em 2018, um aumento de 197%”.

Segundo os analistas, esse crescimento “está ligado à degradação da insurgência na província de Cabo Delgado” e, “apesar de o Estado Islâmico ter reivindicado os ataques na região em 2019, a situação está exacerbada com a presença cada vez maior de insurgentes locais”.

Recorde-se que as constantes invasões ocorridas na província de Cabo Delgado tiveram início em outubro de 2017. Até ao momento permanece desconhecida a autoria das mesmas, com exceção para comunicados do grupo ‘jihadista’ Estado Islâmico, que desde junho divulgou alegadas fotografias das ações, mas cuja presença no terreno especialistas e autoridades consideram pouco credível.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Banco de Moçambique cancela registo de 15 operadores de microcrédito

Banco de Moçambique cancela registo de 15 operadores de microcrédito

O Banco de Moçambique decidiu cancelar o registo de 15 operadores de microcrédito. Estes passam a estar assim proibidos de…
Cabo Verde e Suíça decidem facilitar vistos de curta duração

Cabo Verde e Suíça decidem facilitar vistos de curta duração

Cabo Verde e Suíça acordaram que vão facilitar a emissão de vistos de curta duração, divulgou o Ministério dos Negócios…
Timor-Leste: Debate de candidatos presidenciais adiado para 15 de março

Timor-Leste: Debate de candidatos presidenciais adiado para 15 de março

O Vice-Presidente da Comissão Nacional de Eleições (CNE), Domingos Barreto, informou que o debate público dos candidatos à Presidência da…
Moçambique: Maleiane ocupa cargo de primeiro-ministro

Moçambique: Maleiane ocupa cargo de primeiro-ministro

O chefe de Estado moçambicano, Filipe Nyusi, confere posse a Adriano Maleiane nesta sexta-feira, 04 de março. O ex-ministro da…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin