Moçambique: FDS abatem terroristas na fronteira com Tanzânia

As Forças de Defesa e Segurança (FDS) abateram, pelo menos, 15 alegados insurgentes na fronteira com a Tanzânia. Isto porque acreditaram que se tratavam de membros do grupo terrorista que tem invadido frequentemente a província de Cabo Delgado.

A ação decorreu nas margens do rio Rovuma, no Posto Administrativo de Pundanhar. Este localiza-se no distrito de Palma, a norte de Cabo Delgado. Os visados estavam a tentar atravessar para a Tanzânia na altura em que foram apanhados.

Segundo as fontes locais, os invasores faziam parte de um grupo que foi desalojado de uma das bases dos terroristas naquele distrito do norte do país. 

O Presidente da República, Filipe Nyusi, já tinha dito recentemente na sua comunicação à nação que as FDS continuavam as operações de patrulhamento para clarificar o raio Palma/Quionga e Palma/Pundanhar, naquela região do país.

No entanto, os terroristas continuam a atacar zonas de Cabo Delgado. Nesta semana os alvos foram Chacamba e Mandimba, duas aldeias do distrito de Nangade. Sabe-se que houve vítimas mortais, mas não foi avançado o número.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: IESE diz que Covid-19 não foi principal causa de recessão do país

Moçambique: IESE diz que Covid-19 não foi principal causa de recessão do país

O Instituto de Estudos Sociais e Económicos (IESE) considera que a Covid-19 não foi a principal causa da recessão económica em Moçambique.…
Guiné-Bissau: Presidente exonera Chefe de Estado-maior da armada e vice do Exército

Guiné-Bissau: Presidente exonera Chefe de Estado-maior da armada e vice do Exército

Segundo uma nota do Gabinete de Comunicação da Presidência da República, citando o Decreto Presidencial, “é o Contra Almirante, Carlos…
Timor-Leste: Elaboração do Plano de Urbanização de Díli aprovada

Timor-Leste: Elaboração do Plano de Urbanização de Díli aprovada

O Conselho de Ministros de Timor-Leste aprovou a elaboração do Plano de Urbanização de Díli. O objetivo é melhorar a…
Angola: Governo aprova mais de 15 mil milhões de kwanzas para Agricultura e Pescas

Angola: Governo aprova mais de 15 mil milhões de kwanzas para Agricultura e Pescas

O ministro da Agricultura e Pescas de Angola, António Francisco de Assis, informou que foram aprovados mais de 15 mil…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin