Moçambique: FDS capturam 15 terroristas

As Forças de Defesa e Segurança (FDS) de Moçambique capturaram os 15 terroristas que atacaram a aldeia de Lindi, do distrito de Quissanga, na passada quinta-feira, 23 de setembro. Os insurgentes dispararam e incendiaram casas, o que levou vários habitantes a fugirem para a mata. 

De acordo com fontes locais, na altura em que os invasores entraram na aldeia não havia nenhum contingente militar na região. No entanto, horas depois, unidades das FDS chegaram ao local e trocaram tiros com os terroristas. 

As autoridades conseguiram capturar 15 insurgentes e levaram-nos para a cidade de Pemba, onde foram apresentados à comitiva presidencial moçambicana e ruandesa lideradas pelo Presidente de Moçambique, Filipe Nyusi, e o homólogo do Ruanda, Paul Kagame. 

Apesar de o Comandante Geral da Polícia da República de Moçambique (PRM), Bernardino Rafael, ter dito recentemente que a população deslocada já podia regressar a Quissanga, os últimos acontecimentos têm preocupado a população. Algumas pessoas já estavam a regressar às zonas de origem depois de as autoridades nacionais terem garantido que estavam criadas condições de segurança para isso. 

Só nos últimos dias foram assassinadas mais de 17 pessoas nas aldeias de Namaluku, Tapará, Nakuta e Bilibiza. Durante a conferência de imprensa realizada no sábado, 25 de setembro, em Pemba, Nyusi reconheceu que ainda era cedo para celebrar qualquer vitória na sequência das operações das Forças Conjuntas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

Militantes e delegados dos partidos MPLA (Angola), FRELIMO (Moçambique), ANC (África do Sul) e SWAPO (Namíbia) terminam neste sábado, 26…
Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

O presidente da Comissão de Administração Pública e Poder Local da Assembleia da República de Moçambique, Francisco Mucanheia, chefiou um…
Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

O Ministério das Finanças de Timor-Leste informou, através de um documento, que a construção do Porto de Tíbar chegou a 72%…
Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Na província moçambicana de Nampula, 17.182 trabalhadores foram empurrados para o desemprego nos dois últimos anos na sequência da paralisação…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin