Moçambique: Filipe Nyusi inaugura Edifício Sede do IPAJ em Maputo

O Presidente da República de Moçambique, Filipe Jacinto Nyusi, inaugurou na manhã de hoje, 20 de Junho, em Maputo, o novo edifício Sede do Instituto de Patrocínio e Assistência Jurídica (IPAJ).

As obras de construção do edifício-sede arrancaram em 2015, com a previsão de serem concluídas em um ano e seis meses, mas por dificuldades financeiras só foram entregues em finais de maio deste ano.

Trata-se de uma construção de raiz e amplo, capaz de albergar todas as necessidades do dia a dia das atividades do IPAJ a nível da cidade e província de Maputo. A infra-estrutura custou ao Orçamento do Estado 690.4 milhões de meticais e tem dois blocos subdivididos em seis andares.

O Presidente da República diz que o trabalho do IPAJ é uma das formas de combater a corrupção na Justiça. Com a inauguração da nova sede exige maior qualidade nos serviços e espera que funcionários do IPAJ não estejam envolvidos em cobranças ilícitas.

A direcção-geral do Instituto de Patrocínio e Assistência Jurídica (IPAJ) e a sua delegação da Cidade de Maputo passam a funcionar no novo edifício, localizado na avenida Karl Marx.

Filipe Nyusi, à chegada ao edifício recebeu explicações sobre a infra-estrutura e visitou parte dos compartimentos para depois lançar desafios.

“Aqui fica o desafio de o IPAJ prestar serviços de qualidade, à altura das exigências dos moçambicanos. Para além de exercer a defesa dos interesses individuais e colectivos, exortamos que intensifiquem a vossa acção na protecção do nosso ambiente, em todas as suas dimensões”, exigiu o Chefe do Estado, que garantiu, na ocasião, que o seu Governo vai continuar a apoiar o IPAJ.

“Uma das formas de combater a corrupção na justiça é através do vosso trabalho”, diz e lembra que o trabalho dos funcionários do IPAJ não tem remuneração directa dos clientes que buscam defesa dos advogados da instituição. “Espero que ninguém faça cobranças ilícitas. Nunca ouvimos casos assim. Espero que continuem assim”.

O director-geral do IPAJ, Justino Tonela, aponta o desafio contínuo de estar presente em todos os distritos, incluindo oito, cujas instalações foram destruídas pelos terroristas na província de Cabo Delgado. De salientar que o terrorismo matou, naquela província, um dos funcionários do IPAJ.

Aurelio Sambo – Correspondente

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Angola: Reservas internacionais recuperam USD 162 milhões

Angola: Reservas internacionais recuperam USD 162 milhões

As reservas internacionais angolanas cresceram 1% entre março e abril, ao terem passado de 14.321 milhões para 14.483 milhões de…
Macau: Diversas atividades assinalam 500 anos do nascimento de Luís de Camões

Macau: Diversas atividades assinalam 500 anos do nascimento de Luís de Camões

As comemorações dos 500 anos do nascimento do poeta português Luís Vaz de Camões vão ser assinaladas, em Macau, com…
Governo libanês reverte apelo para investigar crimes de guerra de Israel no Líbano

Governo libanês reverte apelo para investigar crimes de guerra de Israel no Líbano

Esta semana, o governo libanês anunciou que pretende recuar no pedido de investigações de crimes de guerra israelitas em solo…
Cabo Verde: Santa Catarina já conta com centro multifuncional para crianças especiais

Cabo Verde: Santa Catarina já conta com centro multifuncional para crianças especiais

Foi inaugurado, segunda-feira, em Santa Catarina, o Centro de Cuidados de Crianças e Adolescentes com Necessidades Especiais. Localizado no edifício…