Moçambique: FMI prevê elevado crescimento do crédito à economia

O Fundo Monetário Internacional (FMI) estima um crescimento considerável do crédito à economia em 2023 para Moçambique. 

Se isso se verificar, irá ser diferente do que aconteceu em 2021 e em 2022, onde o custo do dinheiro tem sido muito caro devido a altas taxas de juro, de maneira a não ser apetecível para empresários e famílias. 

Esta previsão consta no comunicado publicado pelo Conselho de Administração do FMI, depois de ter sido concluída a primeira avaliação do acordo com o Governo ao abrigo da Facilidade de Crédito Alargado (ECF, na sigla em inglês). 

No que diz respeito à dívida pública, a organização financeira calcula que, em 2023, o endividamento vai abrandar para 101.4% em relação ao Produto Interno Bruto (PIB), saindo de 102.9% em relação ao PIB de 2022.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Moçambique: Atraso de salários gera greve no município de Nacala

Moçambique: Atraso de salários gera greve no município de Nacala

Mais de setecentos funcionários e agentes do Estado afetos ao Conselho autárquico de Nacala, na província de Nampula, encontram-se em…
Cabo Verde: UCID comenta mensagem de Ano Novo do PR

Cabo Verde: UCID comenta mensagem de Ano Novo do PR

O líder da UCID, João Santos Luís, comentou nesta terça-feira, 03 de janeiro, a mensagem de Ano Novo do Presidente…
Brasil: Lula assina primeiros decretos para o novo governo

Brasil: Lula assina primeiros decretos para o novo governo

No dia em que assumiu a presidência do Brasil pela terceira vez, Luiz Inácio Lula da Silva assinou vários decretos…
Moçambique: Arrancou a edição de 2023 do Recenseamento Militar

Moçambique: Arrancou a edição de 2023 do Recenseamento Militar

Arrancou ontem, 03 de janeiro, em Moçambique, o processo de Recenseamento Militar edição 2023, sob o lema: “Recenseamento Militar: Promovendo…