Moçambique: Frelimo condena ataques terroristas no país

A Frelimo, partido no poder em Moçambique, condenou os ataques feitos por grupos terroristas em Cabo Delgado. As invasões a esta província ocorrem desde outubro de 2017 e ainda são desconhecidos os autores dos crimes. 

Foi através de um comunicado, divulgado pela passagem do 07 de setembro, Dia da Vitória, que condenou igualmente a autodenominada Junta Militar da Renamo.

“A Frelimo encoraja os jovens das Forças de Defesa e Segurança que, no teatro das operações, têm vindo a aplicar pesadas baixas ao inimigo, com audácia e bravura, garantido a soberania nacional”, pode ler-se no documento.

Recorde-se que a referida junta é liderada pelo general Mariano Nhongo e tem realizado ataques frequentes na zona centro do país desde o ano passado.

As invasões a ambas as zonas do território moçambicano já causaram centenas de mortes de cidadãos. Houve também baixas nas Forças de Defesa e Segurança, que, por sua vez, têm conseguido matar alguns insurgentes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

São Tomé e Príncipe: Comissão Económica da ONU em São Tomé

São Tomé e Príncipe: Comissão Económica da ONU em São Tomé

A Comissão Económica da ONU para África está em São Tomé e Príncipe, com o objetivo de discutir com o…
Moçambique: Exoneração do Primeiro Ministro

Moçambique: Exoneração do Primeiro Ministro

O Presidente da República, Filipe Jacinto Nyusi, no uso das competências que lhe são conferidas pela alínea b) do número…
Angola: Angolanos fugidos da Ucrânia podem chegar este mês

Angola: Angolanos fugidos da Ucrânia podem chegar este mês

O Governo angolano está a analisar a possibilidade de fretar um avião com o objetivo de trazer para Luanda os angolanos…
Timor-Leste: Governo diz-se solidário com povo ucraniano

Timor-Leste: Governo diz-se solidário com povo ucraniano

O primeiro-ministro timorense, Taur Matan Ruak, manifestou a solidariedade do seu Governo para com o povo ucraniano, que continua a…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin