Moçambique

Moçambique: Frelimo confirma dez mortos à saída de comício em Nampula

(c) Frelimo

A Frelimo anunciou nesta quarta-feira, 11 de setembro, que dez indivíduos morreram e outros 85 ficaram feridos quando uma multidão saiu, de forma desordenada, de um comício eleitoral dirigido pelo candidato à Presidência de República e atual chefe de Estado, Filipe Nyusi.

O incidente ocorreu no Estádio 25 de Junho, situado em Nampula, principal cidade do norte de Moçambique, onde milhares de pessoas tentaram deixar, pelo mesmo portão, o local, que estava cheio de membros e simpatizantes do partido do poder.

“Neste incidente, 95 membros e simpatizantes foram afetados”, declarou em conferência de imprensa o primeiro secretário da Frelimo em Nampula, Agostinho Trinta, referindo que, dos 85 feridos, 74 já tiveram alta. Em relação aos mortos por esmagamento, estes eram “seis mulheres e quatro homens”.

“Foi constituída uma comissão para acompanhamento das famílias”, ajuntou, partilhando ainda que a Frelimo “aguarda junto das autoridades policiais o esclarecimento das reais causas” do sucedido.

O número de vítimas mortais durante a campanha eleitoral, que teve início a 31 de agosto, aumentou assim para 22, segundo os dados do Centro de Integridade Pública, que indica que 12 pessoas morreram na primeira semana de campanha. Dessas 12, dez foram vítimas de acidentes de viação e duas de violência com motivações políticas. Foram ainda registados 18 feridos graves e 11 cidadãos com ferimentos ligeiros.

Recorde-se que as eleições Presidenciais, Legislativas e Provinciais estão marcadas para 15 de outubro no país.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo