Moçambique: Fronteiras com África do Sul em estado de alerta por causa da covid-19

A partir de ontem, dia 12 de Julho, as fronteiras com África do Sul passaram a estar em estado de alerta máxima devido ao aumento diário de casos positivos acompanhados com óbitos e internamento em todo país, especialmente nas cidades de Maputo, Tete e Beira.

As autoridades de migração e de saúde na fronteira do Ressano Garcia, reposicionaram-se naquele posto fronteiriço no que diz respeito ao controlo e rastreio do vírus da covid-19 aos viajantes que entram ou saem de Moçambique. O chefe interino Ernesto Maquina explicou ainda que as medidas abrangem todos os indivíduos, inclusive os funcionário naquele posto.

Este trabalho visa evitar e reduzir as contaminações que se verificam em quase todo o país. Duas escolas primárias registaram casos positivos, na cidade da Beira, diagnosticados em cinco professores que se encontram, neste momento, em quarentena domiciliária.

Trata-se de cinco professores das Escolas Primárias Completas de Nhangau e Esturro, que testaram positivo, na semana passada. De acordo com a directora dos serviços distritais de Saúde Mulher e Acção Social, os professores em causa são assintomáticos.

Uma das medidas tomadas pelo sector de saúde, para evitar a propagação da doença, foi fazer o rastreio a todos os professores e alunos, que estiveram em contacto com os mesmos.

Apesar do crescente número de casos da COVID-19, munícipes residentes na Beira não estão a cumprir com as regras básicas de prevenção da doença, tais como o uso de máscara, lavagem das mãos e distanciamento.

Segundo a atualização diária do ministério da Saúde, actualmente, o país tem um cumulativo de 90.555 casos positivos, dos quais 90.186 casos são de transmissão local e 369 são casos importados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: IESE diz que Covid-19 não foi principal causa de recessão do país

Moçambique: IESE diz que Covid-19 não foi principal causa de recessão do país

O Instituto de Estudos Sociais e Económicos (IESE) considera que a Covid-19 não foi a principal causa da recessão económica em Moçambique.…
Guiné-Bissau: Presidente exonera Chefe de Estado-maior da armada e vice do Exército

Guiné-Bissau: Presidente exonera Chefe de Estado-maior da armada e vice do Exército

Segundo uma nota do Gabinete de Comunicação da Presidência da República, citando o Decreto Presidencial, “é o Contra Almirante, Carlos…
Timor-Leste: Elaboração do Plano de Urbanização de Díli aprovada

Timor-Leste: Elaboração do Plano de Urbanização de Díli aprovada

O Conselho de Ministros de Timor-Leste aprovou a elaboração do Plano de Urbanização de Díli. O objetivo é melhorar a…
Angola: Governo aprova mais de 15 mil milhões de kwanzas para Agricultura e Pescas

Angola: Governo aprova mais de 15 mil milhões de kwanzas para Agricultura e Pescas

O ministro da Agricultura e Pescas de Angola, António Francisco de Assis, informou que foram aprovados mais de 15 mil…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin