Moçambique: Governador da Província de Maputo satisfeito com reabertura da fábrica da COMETAL

O Governador da Província de Maputo, Júlio José Parruque, visitou na passada sexta feira , 17 de Setembro, no Posto Administrativo da Machava-Sede, Distrito da Matola, a empresa COMETAL. O Governante, afirmou que a província de Maputo voltará a fabricar vagões, e mostrou-se muito satisfeito com o novo proprietário da fábrica.

Na ocasião, Amade Camal, agradeceu ao Governador de Maputo pela visita, e explicou que a prioridade da empresa é formar e capacitar quadros de qualidade, de modo a apresentar um produto de qualidade. Explicou ainda que a empresa conta com 105 trabalhadores, e destina-se à montagem de motorizadas, contentores agrícolas, equipamentos agrícolas, vagões e venda de viaturas.

Júlio Parruque disse que a visita à empresa COMETAL enquadra-se na intenção de fazer com que a província de Maputo não perca a sua dimensão e vocação de maior parque industrial do país, revitalizando as grandes empresas que marcaram o parque industrial da província de Maputo.

Parruque, enalteceu a empresa pelo trabalho que realiza na montagem de motorizadas, viaturas, equipamentos agrícolas, e disse que é um grande foco de Moçambique. Felicitou vivamente a COMETAL e a SIR MOTORS, pelo investimento de grande importância, reiterando que o mais importante é que a empresa teve uma acção de investimento que garantiu com que voltasse a ter uma produção de qualidade.

O governante, apelou à empresa no sentido de a província de Maputo continuar cada vez mais produtiva, expondo assim a sua marca como parque industrial de Moçambique.

O Governador de Maputo mostrou-se satisfeito e encorajou, a Empresa COMETAL e a SIR MOTORS, a continuar a produzir bens para que a província de Maputo seja uma referência em todo o país.

Aurelio Sambo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

Militantes e delegados dos partidos MPLA (Angola), FRELIMO (Moçambique), ANC (África do Sul) e SWAPO (Namíbia) terminam neste sábado, 26…
Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

O presidente da Comissão de Administração Pública e Poder Local da Assembleia da República de Moçambique, Francisco Mucanheia, chefiou um…
Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

O Ministério das Finanças de Timor-Leste informou, através de um documento, que a construção do Porto de Tíbar chegou a 72%…
Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Na província moçambicana de Nampula, 17.182 trabalhadores foram empurrados para o desemprego nos dois últimos anos na sequência da paralisação…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin