Moçambique: Governo extinguiu Correios de Moçambique

O Conselho de Ministros de Moçambique aprovou um decreto que extingue a empresa pública Correios de Moçambique, no âmbito do plano de reestruturação do setor empresarial do Estado. 

Segundo o ministro Economia e Finanças, Adriano Maleiane, estão a ser visitadas todas as empresas públicas ou participadas pelo Estado. Uma vez que a empresa Correios de Moçambique não se encontrava na categoria de estratégica e estruturante para o Governo, acabou por ser eliminada. 

As declarações do governante foram feitas depois de uma sessão do Conselho de Ministros em Maputo. 

Assim, os serviços prestados pelos Correios de Moçambique vão passar a ser feitos na totalidade pelo setor privado. No entanto, a conclusão deste processo está prevista para o fim deste ano, o que obriga a empresa a continuar a operar até essa altura. 

Os Correios de Moçambique totalizaram, só no último ano, 349 mil dólares (285 mil euros) de prejuízos. Apesar de para este montante ter contribuído a pandemia da Covid-19, a empresa já atravessava anteriormente um mau período.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

NATO realiza exercícios bélicos na Noruega com 30 mil militares

NATO realiza exercícios bélicos na Noruega com 30 mil militares

A NATO convocou cerca 30 mil militares para iniciarem exercícios bélicos na Noruega esta segunda-feira, 14 de março. Isto acontece…
Moçambique: Nampula regista pelo menos 11 mortos devido ao ciclone "Gombe"

Moçambique: Nampula regista pelo menos 11 mortos devido ao ciclone "Gombe"

O Ciclone “Gombe” que entrou pelos distritos costeiros da Ilha de Moçambique, e mais tarde noutros distritos, casou até sábado,…
Portugal: Castelo de Vide resgata refugiadas ucranianas

Portugal: Castelo de Vide resgata refugiadas ucranianas

A Câmara Municipal de Castelo de Vide, em Portalegre, quer resgatar seis refugiadas ucranianas que se encontram na Polónia. Esta…
China acusa EUA de "desinformação"

China acusa EUA de "desinformação"

O conhecido jornal norte-americano “The New York Times” noticiou que a Rússia pediu ajuda económica e militar à China para…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin